Oficinas temáticas para plano de desenvolvimento do Pontal do Paranapanema têm início

Objetivo é compreender situação econômica e social para elaboração de melhores práticas em prol da região; primeira delas abordou indústria, comércio e serviços

REGIÃO - DA REDAÇÃO

Data 20/01/2022
Horário 12:49
Foto: Governo estadual
Iniciativa integra o programa Pontal 2030, que visa alavancar IDH da região do extremo oeste paulista
Iniciativa integra o programa Pontal 2030, que visa alavancar IDH da região do extremo oeste paulista

Começaram nesta quinta-feira as oficinas temáticas que embasarão a elaboração do Plano de Desenvolvimento Econômico Sustentável para a região do Pontal do Paranapanema, no âmbito do programa Pontal 2020, da Secretaria de Desenvolvimento Regional. As oficinas serão realizadas em linha. A primeira abordou indústria, comércio e serviços (veja o cronograma no final da matéria).

A elaboração do Plano de Desenvolvimento Econômico Sustentável para o Pontal do Paranapanema está a cargo do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. O objetivo é levantar, analisar e avaliar oportunidades, delinear tendências e formular propostas para o desenvolvimento econômico sustentável no âmbito do programa Pontal 2030.

“Estas importantes oficinas permitirão uma compreensão mais aprofundada e abrangente da situação econômica e social do Pontal do Paranapanema e permitirão que o nosso programa de desenvolvimento para a região, o Pontal 2030, ponha em prática as melhores iniciativas em prol do desenvolvimento regional”, afirmou o secretário Marco Vinholi.

Investimento na região

Lançado em fevereiro de 2021, o Pontal 2030 (Programa de Desenvolvimento do Pontal do Paranapanema) visa alavancar o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) da região do extremo oeste do Estado, contemplando 32 municípios e mais de 600 mil habitantes.

A previsão inicial de investimentos era da ordem de R$ 300 milhões e, em menos de um ano, chega a quase o triplo do previsto.

"O programa foi lançado há quase um ano e já evoluímos muito. Somando os esforços de todas as secretarias de Estado, investimos cerca de R$ 1 bilhão, que melhorou substancialmente a vida da população da região. O diagnóstico verificará os indicadores originais para avançarmos ainda mais nas ações do programa," comemorou Marco Pilla, coordenador do Programa Pontal 2030.

A iniciativa fortalece o desenvolvimento sustentável, a regularização fundiária e a redução das desigualdades sociais. Para tanto, o governo de São Paulo investe em economia, saúde, segurança pública, meio ambiente e turismo, por meio de ações integradas que serão desenvolvidas em curto, médio e longo prazo.

"A elaboração do diagnóstico econômico proporciona a participação social dos representantes das cadeias produtivas para a construção do desenvolvimento sustentável no território do Pontal do Paranapanema", explica Renata Vieira, assessora técnica da Secretaria de Desenvolvimento Regional.

Também estão contemplados no Pontal 2030 projeto de lei para a regularização fundiária, apoio ao desenvolvimento da agricultura familiar, apoio à infraestrutura, com estradas vicinais, novos corujões da saúde, telemedicina, oncologia e outras especialidades, novos leitos hospitalares, atração de investimentos por meio dos polos e dos Arranjos Produtivos Locais, entre outras ações.

Janeiro e fevereiro

As oficinas temáticas em linha para elaboração do Plano de Desenvolvimento do Pontal ocorrerão entre janeiro e fevereiro. Abordarão os seguintes tópicos: indústria, comércio e serviços, produção rural, turismo e desenvolvimento social.

As oficinas serão realizadas de forma online, conforme indicado nas datas abaixo, por meio da plataforma Microsoft Teams.

Para mais informações sobre o projeto e o calendário dos eventos, basta acessar pdespontal2021.ipt.br. Para auxiliar na formulação das ações, interessados podem responder a um questionário para contar suas impressões sobre a região, no link bit.ly/PDES-Pontal_Questionario.

Cronograma de oficinas

25 de janeiro de 2022, às 9h30 – Produção rural
bit.ly/PDE_Pontal_2_Producao_rural

27 de janeiro de 2022, às 9h30 – Turismo
bit.ly/PDE_Pontal_3_Turismo

1 de fevereiro de 2022, às 9h30 – Desenvolvimento Social
bit.ly/PDE_Pontal_4_DesenvolvimentoSocial

Veja também