Polícia Civil investiga assassinato no Jardim Humberto Salvador

Crime ocorreu durante uma confraternização em que autor e vítima eram convidados da festa; homem de 36 anos foi morto após levar uma facada no peito

PRUDENTE - ROBERTO KAWASAKI

Data 02/08/2021
Horário 09:59
Foto: Polícia Civil
Crime é investigado pela Delegacia de Homicídios, da Deic-8
Crime é investigado pela Delegacia de Homicídios, da Deic-8

A Polícia Civil investiga um homicídio ocorrido na madrugada de ontem, que causou a morte de um homem de 36 anos, no Jardim Humberto Salvador, em Presidente Prudente. O crime foi durante confraternização em uma residência, onde  ambos eram convidados. 

O fato ocorreu por volta das 3h40, na Rua Elias Marcos da Silva. Em um primeiro momento, a suspeita era de que tivesse ocorrido somente uma desinteligência, conforme informação que chegou ao Copom (Centro de Operações da Polícia Militar). 

Segundo o boletim de ocorrência, o dono da casa relatou que convidou alguns conhecidos para uma confraternização, entre eles, o autor e a vítima, que chegaram em um carro, juntamente com uma das testemunhas. 

Em determinado momento, e por motivo ainda sendo investigado, houve um desentendimento entre a vítima e o autor. De acordo com as testemunhas, a briga ocorreu na varanda e, na sequência, seguiu para a frente do imóvel. No decorrer da discussão, o homem foi golpeado, supostamente, com uma facada no peito.

Depois do crime, o autor fugiu do local. A testemunha que chegou com a dupla pegou o carro e foi atrás do acusado, mas não tiveram mais informações. Conforme a polícia, a dona da casa disse que notou a falta de uma faca, mas não soube especificar qual seria, uma vez que a arma do crime foi levada pelo autor.

Uma unidade de resgate chegou a levar o homem à UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) do Jardim Guanabara, mas ele já estava morto. 

Até a publicação desta reportagem não havia informações sobre o paradeiro do autor. A Polícia Civil solicitou perícia no local. A análise deverá compor o inquérito que será instaurado pela 3ª Delegacia de Homicídios, da Deic-8 (Divisão Especializada de Investigações Criminais).

Veja também