Polícia Civil investiga estupro contra menina de 9 anos

Homem de 27 anos que foi preso escondido atrás do armário, é primo da mãe da criança, afirma a Polícia Militar

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 21/09/2021
Horário 13:09
Foto: Reprodução/Facebook

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar uma acusação de estupro contra uma menina de 9 anos. O crime teria ocorrido no começo da tarde de ontem, em Ouro Verde. Um homem de 27 anos, que é primo da mãe da criança, foi preso pela Polícia Militar.

Conforme o 25º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), a guarnição recebeu a denúncia e foi ao endereço, onde encontrou a mãe da vítima e a criança, que segundo a PM, “se encontrava bastante traumatizada”.

A mulher relatou que a filha havia sido obrigada a manter relações sexuais - sexo oral, com um homem, que é primo dela.

A ação, segundo a mãe, ocorreu na cozinha da casa e teve continuidade no quarto, onde houve o abuso. Segundo a mulher, a outra filha, de 6 anos, estava na sala, usando o celular do acusado. 

“A vítima relatou que a mãe do indiciado já havia presenciado tais acontecimentos parecidos e a ameaçou, dizendo que não era para contar para ninguém. Em datas anteriores, o indiciado colocou em seu celular vídeos contendo cenas de sexo e que era para ela olhar e aprender”, relata a Polícia Militar. 

Enquanto a guarnição estava na casa, começou uma movimentação de pessoas na rua, que segundo a polícia, tinham o objetivo de tentar contra a vida do acusado. “De posse das informações obtidas, iniciamos as diligências nas proximidades tendo em vista o ato ter acontecido a poucos instantes e o autor não deveria estar tão longe”, esclarece. 

Após alguns minutos, a equipe da Polícia Militar localizou o indiciado dentro de sua casa, mais precisamente, aos fundos da cozinha, sentado atrás de um armário.

O homem recebeu voz de prisão e foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil. Ele permanece preso e o caso segue em investigação. 

Veja também