Publicidade

Polícia identifica 8 envolvidos em esquema criminoso

Indivíduos, entre eles quatro adolescentes, são responsáveis por um roubo de veículo ocorrido em Teodoro Sampaio

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 11/02/2020
Horário 15:26
Polícia Civil - Veículo recuperado seria entregue no Paraguai Foto: Polícia Civil - Veículo recuperado seria entregue no Paraguai

Polícia Civil em Teodoro Sampaio concluiu o inquérito de um roubo ocorrido em janeiro deste ano. No total, oito pessoas, incluindo menores de idade, foram identificados como participantes do esquema criminoso que resultou na subtração de um carro. Na manhã de hoje, a 2ª fase da operação Punt Gun teve desdobramento no Paraná.

Conforme a Polícia Civil, o crime ocorreu no dia 15 de janeiro, em Teodoro Sampaio. Na ocasião, um casal deixava a residência de amigos e, ao embarcarem no veículo Toyota/Corolla, as vítimas foram abordadas por um grupo de criminosos, que chegou armado. Eles levaram o carro, objetos pessoais e fugiram para o Paraná.

No decorrer da investigação, seis pessoas foram identificadas, sendo três menores de idade. Diante disso, foi representado pela decretação de mandados de prisão temporária em relação aos adultos, e de busca domiciliar nos imóveis de todos os investigados.

“A ousadia e gravidade do crime praticado exigiu o empenho total da equipe para a rápida elucidação e a adoção de medidas repressivas necessárias, incluindo a recuperação patrimonial”, informou, na época, o delegado Edmar Rogério Dias Caparroz.

BUSCAS NO PARANÁ

Com base nos materiais apreendidos, a polícia descobriu novos elementos que levaram ao envolvimento de outras duas pessoas no esquema criminoso. Os indivíduos, conforme a investigação, são moradores de Nova Londrina (PR) e Marilena (PR). Na empreitada, foram responsáveis pela receptação do carro, trocado por drogas.

O veículo foi localizado na terça-feira, em Caarapó (MS). O destino dele seria o Paraguai.

Ao término das investigações e conclusão do inquérito, a pedido da Polícia Judiciária, a Justiça decretou quatro prisões preventivas e quatro internações provisórias de adolescentes.

“O exitoso trabalho conseguiu alcançar a todos os envolvidos, mesmo os que residem em outros Estados, e a Polícia Civil entrega um robusto conjunto probatório à Justiça e, principalmente, possibilita a restituição do automóvel ao seu legitimo proprietário”, enfatiza Caparroz.

Veja também