Polícia Militar fecha fábrica clandestina de queijo

No estabelecimento foram aprendidas mais de 5 toneladas de queijo estragado

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 14/07/2020
Horário 10:51
Polícia Militar - Alimentos eram entregues em estabelecimentos comerciais Foto: Polícia Militar - Alimentos eram entregues em estabelecimentos comerciais

Uma fábrica destinada à produção de queijo foi fechada após a Polícia Militar constatar que o proprietário desenvolvia as atividades de maneira clandestina. O estabelecimento fica em Ouro Verde, e foi descoberto ontem à noite após denúncia anônima.

A Polícia Militar relata que quando chegou ao local, deparou-se com um veículo onde uma pessoa estava descarregando caixas. Na parte interna do estabelecimento, fez contato com um homem de 62 anos, morador de Dracena, identificado como proprietário da fábrica.

Durante as buscas, foram sendo localizadas diversas unidades de queijos para distribuição.

Os alimentos estavam em câmaras frias, depósito e também no chão. Havia, ainda, queijo em fase de processamento, segundo a polícia, sem condições de higiene e estragados.

De acordo com a guarnição, após curtidos, os queijos eram ralados e entregues em estabelecimentos comerciais. No total, foram apreendidas mais de 5 toneladas de queijos estragados.

O flagrante resultou na prisão do homem pelo crime contra a economia popular.

Veja também