Preços do arroz e do óleo de soja continuam em disparada em Prudente, aponta IPT

O valor do primeiro nos supermercados teve aumento de 30,84%, enquanto o segundo apresentou crescimento de 17,60%

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 16/10/2020
Horário 14:33
Freepik - Junto com arroz, óleo de soja apresenta alta expressiva nos preços Freepik - Junto com arroz, óleo de soja apresenta alta expressiva nos preços Imagem: Freepik - Junto com arroz, óleo de soja apresenta alta expressiva nos preços

Em Presidente Prudente, o 12º IPT (Índice de Preços Toledo) do ano volta a apontar inflação nos preços do arroz e do óleo de soja em relação à pesquisa anterior. Levantamento realizado nos supermercados nos dias 13 e 14 de outubro mostra que o pacote de 5 quilos de arroz tipo 1 teve aumento de 30,84%, enquanto o frasco de 900 ml de óleo de soja apresentou crescimento de 17,60%. O grupo de alimentos, em geral, registrou alta de 3,34%.

Em relação à cesta básica, a evolução nos valores é de 4,45%. Isso significa que o consumidor que gastava R$ 731,48 para compra dos produtos, hoje gasta, em média, R$ 764,03.

O grupo de higiene pessoal apresentou inflação de 12,06%, com destaque para o papel higiênico (4 unidades de 30m, folha simples), com aumento de 32,17%; e para o sabonete (90-100g), com uma alta de 15,50%.  

O grupo de artigos de limpeza também registrou inflação de 8,02%, com destaque para o sabão em pó (1kg), com uma alta de 23,27%; e o desinfetante (tipo pinho, 500ml), com aumento de 3,79%.  

Devido às promoções, variedades e disponibilidade de produtos nos estabelecimentos, alguns produtos apresentaram considerável diferença de preços entre os locais pesquisados, como o desinfetante (tipo pinho, 500ml), que variou entre R$ 2,29 e R$ 5,60, com uma diferença de 144,54%; e o alho (kg), que oscilou entre R$ 15,80 e R$ 32,90, resultando numa diferença de 108,23%.  

A concorrência entre os supermercados dá ao consumidor a oportunidade de economizar até 39%, pois, comprando uma unidade de cada produto pelo maior preço, ele gastaria R$ 340,15. Já se a sua compra fosse feita pelo menor preço de cada produto, o total gasto seria de R$ 245,15, economizando assim o valor de R$ 95.

A pesquisa teve a participação de alunos da Toledo Prudente Centro Universitário, sob orientação de professor.

Veja também