Prefeitura de Prudente descentraliza serviço de testagem para UPAs a partir do dia 30

Até então, atendimento é feito no Centro de Triagem da Covid-19, na Praça da Juventude da Cohab, que será devolvida para projetos de esporte e assistência social

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 25/11/2021
Horário 15:57
Foto: Marcos Sanches/Secom
Mudança se deve à baixa demanda por atendimentos no Centro Municipal de Triagem
Mudança se deve à baixa demanda por atendimentos no Centro Municipal de Triagem

A Prefeitura de Presidente Prudente, por meio da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), decidiu pela descentralização dos serviços de testagem em casos de síndrome respiratória. A partir do dia 30 de novembro, os munícipes que apresentarem sintomas comuns à Covid-19 devem se dirigir a uma das duas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), que funcionam 24 horas.

Segundo o secretário adjunto da Sesau, Marco Aurélio Lúcio, a reestruturação teve como base a baixa demanda nos atendimentos que tem sido registrada nos últimos meses, após o avanço da vacinação.

Em junho, quando a pandemia estava no auge da segunda onda, foram registradas 3.070 consultas médicas, 186 só no dia 18, conforme a planilha do Centro Municipal de Triagem. Já no mês de outubro, último fechamento realizado pela equipe, o local realizou 249 atendimentos médicos.

“As UPAs estão preparadas para receber essas demandas, com atendimento médico 24 horas. Os profissionais que haviam sido selecionados para atuarem no Centro Municipal de Triagem também serão remanejados para as UPAs. É uma decisão segura, baseada em números, mas que poderá ser revista, caso necessário”, explicou o secretário adjunto.

O parecer também considerou a retomada dos projetos de esporte e lazer na Praça da Juventude e Longevidade "Lucas Nalini Paschoalin", que são desenvolvidos pela Semepp (Secretaria Municipal de Esportes) e SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social), com ações das Coordenadorias da Juventude, Idoso e Pessoa com Deficiência, suspensas desde março de 2020.

Veja também