Projeto desenvolvido na Intepp ganha projeção internacional

Sócios da Raiseup Solutions passaram 10 dias em Lisboa, Portugal, no Web Summit, maior evento de inovação e tecnologia do mundo

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 14/11/2019
Horário 09:18
Cedida - Matheus, idealizador da Raiseup, levou projeto para a Web Summit
Cedida - Matheus, idealizador da Raiseup, levou projeto para a Web Summit

A Raiseup Solutions é uma startup de análise de dados cujo projeto foi desenvolvido na Intepp (Incubadora Tecnológica de Presidente Prudente). Assim que foi graduada como empresa no meio deste ano, inscreveu seu projeto na Web Summit, considerado o maior evento de inovação e tecnologia do mundo. Com a aprovação, três de seus quatro sócios passaram os 10 primeiros dias deste mês em Lisboa, Portugal, com o objetivo de fazer contatos, abrir portas para parcerias e conquistar novos clientes.

Egresso do curso de Ciência da Computação, ofertado pela Fipp (Faculdade de Informática de Presidente Prudente), Matheus da Rocha Soares Miranda conta a história da Raiseup e como foi a experiência em Portugal. Natural de Araçatuba (SP), cidade de seus familiares, mas criado em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, escolheu a Unoeste (Universidade do Oeste Paulista) para sua formação superior, segundo ele, pelo “excelente ranqueamento da Fipp”.

Em 2017 participou da Startup Weekend, realizada na Unoeste. Em equipe, com cerca de 10 pessoas, desenvolveram projeto de automação para supermercado e foram campeões. Tentaram levar o projeto adiante, mas não deu certo. Matheus se juntou com Gabriel Revesi, que é formado em Administração, e juntos criaram a Raiseup. Com o tempo, ganharam dois parceiros da área de Marketing: Rodrigo Paccini e Marcelo Lebedenco, da Agência Ativa, de Prudente.

No ano passado, o pessoal da Ativa tinha ido ao Web Summit, evento que tem a duração de quatro dias e  recebe 70 mil pessoas por dia, de 160 países diferentes. Como pretendiam voltar, sugeriram aos novos parceiros a inscrição de um projeto e deu certo. Foram aceitos para expor e conseguiram apresentar a Raiseup para países que não teriam acesso aqui no Brasil, entre os quais Matheus cita a Rússia, Alemanha, Itália, Ucrânia e Índia. Conheceram empresas do mundo inteiro.

EXPANSÃO DA

VISÃO DE MUNDO

Tiveram acesso a empresas renomadas, em reunião com representantes da Amazon e palestra da Microsoft. “Tivemos bastante visibilidade e deixamos parcerias e clientes bem encaminhados. Voltamos com várias ideias de melhorar nosso produto e de aplicar para outros clientes”, diz Matheus, para contar que a visão de mundo é um ganho muito grande; o que foi possível viver no evento na Altice Arena e em visita às cidades mais próximas de Lisboa.

Depois de graduada, a Raiseup está instalada em escritório próprio e tem uma equipe de colaboradores. O envolvimento com a Intepp continua, com participações em mentorias e palestras, com o relacionamento com a diretoria e gerência do professor Diego Andreasi. A incubadora está instalada no campus 2 da Unoeste e conta com o envolvimento de vários parceiros, a fim de proporcionar a transformação de projetos e empresas.

Veja também