Prudente contabiliza 4.167 casos de dengue

VEM comunica que 437 notificações seguem em investigação; doença predomina na área 4, com 847 confirmações

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 28/09/2020
Horário 13:07
Pexels - Bairros como Planaltina, Cambuci, Itapura e José Rotta são os mais afetados pela doença causada pelo Aedes Pexels - Bairros como Planaltina, Cambuci, Itapura e José Rotta são os mais afetados pela doença causada pelo Aedes Imagem: Pexels - Bairros como Planaltina, Cambuci, Itapura e José Rotta são os mais afetados pela doença causada pelo Aedes

A Prefeitura de Presidente Prudente, por meio da VEM (Vigilância Epidemiológica Municipal), atualizou nesta segunda-feira o número de casos de dengue. Com mais seis confirmações, a cidade contabiliza 4.167 registros da doença. Além disso, o órgão comunica que 437 notificações seguem em investigação, ou seja, estão aguardando resultados ou a serem concluídas, faltando coleta da sorologia ou finalização da ficha do paciente.

A área com maior incidência da doença permanece sendo a 4, com 847 confirmações. Essa abrange bairros como Planaltina, Cambuci, Itapura, José Rotta e outros. Na sequência, aparece a área 5, com 600 casos em bairros como Vila Estádio, Jardim Regina, Ocidental, Aviação, Bosque, Maristela, Centro e outros.

A ordem continua da seguinte forma: a área 7, com 591 registros em bairros como Terceiro Milênio, Brasil Novo, Morada do Sol, Guanabara, entre outros; a área 1, com 547 casos confirmados em bairros como Nova Prudente, Ana Jacinta, Damha, Santa Fé, Nosaki e outros; e a área 3, com 545 catalogações no Jardim das Rosas, Morumbi, Bongiovani, Formosa e outros.

A área 2 tem 538 casos na Cecap, Cohab, Monte Alto, Santa Elisa, Santa Paula e outros bairros; a área 6 possui 425 registros positivos no Maré Mansa, Novo Bongiovani, Coral, Panorâmico, São Lucas, São Matheus, Iguaçu e outros; e a 101 registra 73 confirmações nos quatro distritos de Prudente.

Veja também