Prudente seleciona propostas para Virada Cultural em Casa

Interessados devem acessar o edital e a ficha de inscrição no site da Secult entre hoje e 18 de agosto; evento, transmitido nas redes sociais, ocorre em outubro

VARIEDADES - DA REDAÇÃO

Data 29/07/2020
Horário 07:00
Arquivo -  Apresentações ocorrerão no Teatro Paulo Roberto Lisbôa e no Espaço Laje, ambos no Matarazzo Foto: Arquivo - Apresentações ocorrerão no Teatro Paulo Roberto Lisbôa e no Espaço Laje, ambos no Matarazzo

O governo de Presidente Prudente, por meio da Secult (Secretaria Municipal de Cultura), anuncia a abertura de edital para seleção de propostas artísticas e culturais para a Virada Cultural em Casa. Segundo regulamento, poderão se inscrever somente prudentinos. Os interessados devem acessar o edital e a ficha de inscrição no site da pasta, no www.culturapp.com.br. O documento estará disponível entre hoje e 18 de agosto, e a inscrição deverá ser feita exclusivamente de forma on-line.
O objetivo da seleção é compor uma programação com até 24 atrações, divididas entre música, dança, teatro e circo, e que contemple todas as idades. A ideia é continuar colaborando com os segmentos que tiveram suas atividades diretamente impactadas pelas medidas de distanciamento social devido à pandemia de coronavírus, a Covid-19,  de modo a assegurar o direito à apreciação cultural na promoção e ampliação do acesso à produção cultural em Prudente.

Objetivo é compor uma programação com até 24 atrações, divididas entre música, dança, teatro e circo

As apresentações ocorrerão presencialmente no Teatro Municipal Paulo Roberto Lisbôa e no Espaço Laje, ambos os locais no Centro Cultural Matarazzo, das 18h do dia 16 às 22h do dia 17 de outubro. Todas serão transmitidas ao vivo nas redes sociais da Secretaria Municipal de Cultura.
Segundo o edital, serão selecionados até 18 projetos musicais para uma apresentação, sendo de qualquer gênero ou estilo, solo ou em grupo, vocal ou instrumental, no formato show musical com no mínimo 40 minutos. O valor para este será de R$ 600 para projetos que contemplem até dois músicos em cena, e de R$ 1 mil para aqueles que tenham mais de dois músicos em cena.
Para teatro e circo, serão seis projetos em qualquer estilo de encenação, enquanto para dança serão quatro também em qualquer estilo. A regra de valores e da quantidade de artistas em cena será sempre o mesmo, ou seja, R$ 600 para aqueles projetos que contemplem dois artistas, e R$ 1 mil para os que tiverem mais. O tempo de duração mínima também é de 40 minutos.


 

 

Veja também