Quartas de final: Grêmio Prudente tem vantagem e Azulão precisa vencer

Equipe prudentina pode perder por até 4 gols de diferença; já ao Osvaldo Cruz só interessa a vitória, já que outro empate leva o Independe de Limeira a avançar na Segundona

Esportes - OSLAINE SILVA

Data 24/11/2020
Horário 06:30
JulhiaMarqueti / AI Grêmio - Para classificar, Grêmio recebe hoje o Andradina com vantagem de gols e de resultado
JulhiaMarqueti / AI Grêmio - Para classificar, Grêmio recebe hoje o Andradina com vantagem de gols e de resultado

Para se garantir nas quartas de final do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o Osvaldo Cruz - que no domingo empatou em casa em 1 a 1 com o Independente de Limeira - precisa vencer na casa do adversário, em Limeira, às 15h, desta quarta-feira, no Estádio Agostinho Prada. Já o Grêmio Prudente está “tranquilo”, pois além da vantagem de gols, também hoje, às 15h, no Estádio Paulo Constantino, Prudentão, pode perder por até quatro gols de diferença, uma vez que conseguiu impor o ritmo de jogo contra o Andradina e sair no sábado com o resultado de 4 a 0, no Estádio Evandro Bembatti Calvoso.
Ademir Fesan, técnico do Grêmio, diz que mesmo em um campo com a grama alta, irregular, o time conseguiu colocar a bola no chão, buscar espaços, finalizar e “quando perdia a bola procurando posicionar, conseguimos fazer o jogo acontecer e obter o resultado positivo”. 
Ele diz ter ficado feliz não apenas com o resultado, mas com toda a atuação nesse primeiro confronto, ciente de que são quatro tempos e o segundo jogo ainda vai ocorrer. Segundo o professor, com um desempenho abaixo num ou outro, a equipe vem mantendo um equilíbrio em todos os jogos até aqui. No geral, ele avalia como muito bom até agora. 
“É uma filosofia nossa de jogo impor, ter a posse de bola e atacar o adversário sempre que possível. Tivemos um pouquinho mais de dificuldade em trabalhar nossa ideia no primeiro jogo contra o Vocem, nos demais atuamos da forma que a gente acredita”, destaca o técnico prudentino, que comemorou o tão esperado gol de Camacho, um jogador que conforme o treinador, tem histórico de artilharia, e por isso vinha se cobrando. E também a chegada de Madalena, um atleta que ocupa bem os espaços, é finalizador, tem muita força.

Nada de desânimo e bola pra rede

Assim é a mentalidade do técnico João Martins, do Azulão, que saiu atrás no marcador, mas empatou com o Independente aos 20 minutos do segundo tempo com gol de cabeça do zagueiro Mateus Silva, no domingo. “A classificação está em aberto e, por isso, temos que ir para Limeira e fazer o resultado. Um torcedor disse o seguinte: ‘Lá vem o João Martins que empata em casa e ganha fora’ [risos], estou torcendo pra isso ser verdade”, expõe o treinador.
Além da reestreia de João Martins, a partida do fim de semana ainda marcou a estreia do zagueiro Carioca, do lateral-direito Porfírio e do atacante Maranhão, que foram confirmados na última semana como reforços do Osvaldo Cruz. “Estas estreias foram muito boas. O time cresceu muito, tanto que no segundo tempo da partida, fomos superiores em todos os quesitos, mas infelizmente não tivemos a tranquilidade para matar o jogo. Faz parte do futebol e estamos indo para Limeira mais motivados para brigar pelo bom resultado”, afirma o técnico, sabendo que outro empate classifica o Independente de Limeira.

Foto: Guto Carvalho / Osvaldo Cruz FC

Azulão terá que vencer o Independente, fora de casa, para passar para a próxima fase

Veja também