Publicidade

REDES SOCIAIS EM DESTAQUE

REGIÃO - TONINHO MORÉ

Data 17/04/2020
Horário 03:29

As pessoas estão casa pelo isolamento social e a maioria fica o tempo inteiro em visita nas redes sociais. Instagram, Facebook e YouTube dominam. Na comunicação, as conversas acontecem pelo WhatsApp e Telegram. Desta forma e com discussões o dia inteiro, os internautas vão passando o tempo.

NA FRENTE DE TUDO

Mesmo com televisão, rádios, telefone, jornais, nada está sendo mais utilizado do que a internet e as redes sociais. São fontes importantes de comunicação, que em tempos de distanciamento social estão fazendo a diferença, unindo as pessoas através de conversas por vídeo, textos rápidos e fotos.

ESQUISITO

Nesta sexta-feira será feita novamente a definição de como ficará a questão do isolamento social no Estado de São Paulo. O governo deve analisar os números e resultados do distanciamento das duas últimas semanas para determinar ou não um novo período de paralisação do comércio. Esquisito. Depois de um mês parado, a pessoas não têm definição de nada. A sensação é de que ninguém sabe o que será o amanhã.

O PODER É ESTRANHO

Outra coisa esquisita é o poder. Todos estão notando que a pandemia do coronavírus virou na verdade uma queda de braço entre o presidente Jair Bolsonaro contra alguns ministérios e governadores de Estado. Ontem, o então ministro da Saúde, Luiz Henrique Madetta, foi dispensado por Bolsonaro, e a causa todos sabem. É favorável ao isolamento social e o presidente contrário. 

O ERRO DE POLITIZAR A CRISE

Muitos analisam a mistura de política com uma crise mundial de saúde como um erro, que pode trazer consequências drásticas para a população. O coronavírus é uma incógnita e não escolhe áreas da sociedade. Para essa sombra não existe pessoas ricas ou pobres, poderosos ou não. Difícil às pessoas entenderem isto.

VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE

Enquanto as pessoas ficam em casa para se esconder do coronavírus, os setores de saúde da cidade, além de cuidar dos suspeitos da pandemia, ainda precisam efetuar a vacinação contra a gripe, que foi antecipada. Em Presidente Venceslau, a vacinação está sendo feita em uma tenda do lado de fora do Centro de Saúde.

CAMPANHA PARA ARRECADAR DINHEIRO

Deve surgir no começo da semana que vem mais uma campanha para auxiliar a Santa Casa de Misericórdia de Presidente Venceslau. Será para arrecadar fundos através de depósitos com doação em contas bancárias para o hospital. A pretensão é conseguir recursos para as necessidades da santa casa, uma delas, o pagamento de funcionários.

AVL PREPARA COLETÂNEA

A AVL (Academia Venceslauense de Letras) está preparando mais um livro de coletânea, com seus escritores. O primeiro foi sucesso. Com a quarentena, os acadêmicos estão com tempo de sobra para trabalhar seus textos.

ESPORTES

Tudo parado. As atividades esportivas em todos os clubes de Presidente Venceslau estão proibidas devido ao decreto de isolamento social do governo do Estado. Nem os tradicionais rachões de meio de semana são permitidos.

NAS ESTRADAS

Os postos que ficam às margens da Rodovia Raposo Tavares (SP-270) também amargam os frutos da crise financeira causada pelas paralisações do coronavírus. Vários deles atendem ônibus interestaduais, que, às vezes, chegam apenas com cinco viajantes. Estrada em processo de espera. 

“LIVES” NA ENTRADA DA NOITE

Com as pessoas em casa, o único jeito de artistas, professores, padres e pastores entrarem em contato com seu público, têm sido as “lives” pela internet. Sempre acontecem no começo da noite e pelo Facebook ou Instagram. Para muitos tem dado certo.

Veja também