Resiliência: palavra de ordem

EDITORIAL - DA REDAÇÃO

Data 30/07/2020
Horário 04:39

Resiliência. Na psicologia, é a capacidade de o indivíduo lidar com problemas, adaptar-se a mudanças, superar obstáculos ou resistir à pressão de situação adversas – choque, estresse, algum tipo de evento traumático, entre outros. Difícil é saber quem é que na atual conjuntura não se viu mais resiliente do que em outros momentos da vida. Todos fomos pegos de supetão por um inimigo invisível, que parecia tão distante, mas que, com a globalização, logo bateu à nossa porta.
Ouvir no noticiário informações sobre a China e a construção de hospitais em tempo recorde parecia algo fora de nossa realidade. Tantas e tantas mortes mundo afora, em países ditos do primeiro mundo, como Itália e Estados Unidos, nos deixaram chocados. E tudo isso se repetiu e tem se repetido por aqui também. Quem é que imaginaria ficar mais de quatro meses em isolamento social, sem poder viajar, passear, muitas vezes, sem conviver com a família, enfim, com a vida virada de ponta cabeça?
Home office, aulas remotas, compras online, tudo isso virou parte de nossa nova rotina. E, com certeza, farão parte do nosso “novo normal”. Além da resiliência, a união também virou palavra de ordem. Afinal, todos estamos no mesmo barco. Quando alguém deixa de se cuidar pode custar a vida do próximo. Se os leitos estão em seu limite, retrocedemos no Plano São Paulo, refletindo negativamente no comércio e prestação de serviços: carros-chefe da geração de emprego e renda da nossa região.
E se em plena pandemia, a resiliência precisar ser ainda mais praticada? Porque todos os outros percalços inerentes à existência seguem a todo vapor. Pais e filhos doentes, perda de familiares e amigos, desemprego, desespero, enfim, a lista é longa. Mas é somente na dificuldade que evoluímos de verdade, que crescemos como seres-humanos, que conseguimos alcançar um outro nível de percepção sobre a vida e a morte. Portanto, é preciso arregaçar as mangas e seguir em frente! Esta não foi a primeira e nem será a última dificuldade que baterá à nossa porta. Resta-nos aprender e crescer nesta montanha-russa maravilhosa que é a vida.

Veja também