Risco em Pirapozinho

GRAZIELA FERNANDES

COLUNA - GRAZIELA FERNANDES

Data 28/03/2021
Horário 03:32

Pirapozinho aparece na lista das cidades com risco de desabastecimento de oxigênio para atendimento aos pacientes com síndrome respiratória grave. São 115 cidades na mesma situação, de acordo com levantamento do Cosems-SP (Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo).

Alívio em Tarabai

Na última quinta-feira, 25, o Centro de Atendimento à Covid -19 da cidade comemorou a chegada de cilindros de oxigênio para uso dos pacientes sintomáticos respiratórios.

Colapso em Pirapozinho

Esta semana, mais uma morte provocada pela Covid-19 foi confirmada em Pirapozinho. A vítima tinha 86 anos, estava na fila de espera aguardando vaga de internação hospitalar. A situação na cidade é de colapso, conforme anunciou a secretária de Saúde, Patrícia Zonzini Vicente Veiga. Há mais pacientes à espera de transferência na cidade.

Problema antigo

Os problemas enfrentados pelas autoridades de saúde de Pirapozinho com a central de regulação de vagas foram agravados com a pandemia de Covid-19. Ano passado, a coluna já destacou inclusive um requerimento do vereador Claudinei Dinello (Podemos), apresentando os problemas detectados com a inclusão do município no sistema Cross (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde). Na ocasião, o documento alertava as autoridades de Estado que não foram observadas a estrutura física do pronto-atendimento da cidade, que dispõe somente de leito de observação e não há estrutura para manter pacientes que aguardam liberação de vagas em segurança. A estrutura de observação é diferente da disposição de leitos para internação, trazendo risco à vida destes pacientes. O cenário só se agravou com o avanço da Covid-19. A pergunta é: até quando?

Relato emocionantes de familiares

Nas redes sociais, o relato emocionado da irmã de um paciente com diagnóstico para a doença foi ao pronto-atendimento de Pirapozinho. Aguardando vaga para internação, segundo a família, o paciente ficou dois dias sem que o leito hospitalar fosse liberado. Com metade dos pulmões comprometidos, a família contou com o apoio dos médicos de plantão da unidade, que prescreveram remédios para tratamento e relataram aos familiares que a medicação poderia ajudar o paciente, porém, a unidade não contava com os medicamentos indicados. A família prontamente comprou os itens das receitas e levou para medicar o paciente, que conseguiu melhora significativa, graças à empatia e cuidados das equipes médicas do pronto-atendimento da cidade que, mesmo sem estoque de medicamentos, conduziu esse caso para alívio dos familiares que, hoje, relatam que o paciente não precisará mais da internação hospitalar e que saiu da fila de espera do sistema de regulação de vagas, para honra e glória do Senhor! Que Deus abençoe aos profissionais de saúde de todo o oeste paulista.

Kits de alimentação

A Coordenadoria de Educação de Narandiba realizou nesta semana a entrega dos kits de alimentação escolar para todos os alunos da rede. A Prefeitura reforça que a distribuição dos alimentos será mantida para auxiliar no aporte nutricional dos alunos durante a pandemia. Alunos que moram na zona rural da cidade receberam os kits em casa.

Refis em Sandovalina

Até 1º de junho de 2021, quem tem dívidas do IPTU (Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial Urbano) em Sandovalina pode aderir ao Refis (Programa de Recuperação Fiscal) e quitar seus débitos com anistia de juros e multas. O benefício atende todos os contribuintes, sejam pessoas físicas ou jurídicas. Para saber mais e aderir ao programa, o contribuinte deve entrar em contato com o setor de tributação no (18) 3277-1121.

Casa própria

Segundo o prefeito de Sandovalina, Chicão Mendes (PTB), todas as pendências referentes à construção das 109 casas da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) foram concluídas e agora está garantida a agilidade nas obras das casas populares para moradores da cidade.

Veja também