Publicidade

SANTAS CASAS

REGIÃO - JOSÉ VICENTE

Data 27/11/2019
Horário 03:08

Preocupante a situação das santas casas em municípios da região. A Santa Casa de Martinópolis, fundada há mais de 70 anos, hoje passa por dificuldades, tendo que valer-se de promoções, como quermesses, churrascos e até doações para complementar sua receita e atender os pacientes de várias cidades, inclusive Indiana. A defasagem na tabela do SUS (Sistema Único de Saúde) e a falta de repasses pelas prefeituras têm afetado essas instituições não só no interior paulista, como em outros Estados.

INDIANA SEM ATENDIMENTO

População de Indiana continua sem atendimento pela Santa Casa de Regente Feijó. Como já é de conhecimento geral, a direção do hospital cortou o atendimento aos indianenses por falta de pagamento. A Prefeitura ainda não saldou sua dívida, o que tem gerado um enorme transtorno, obrigando os pacientes de Indiana a recorrer à Santa Casa de Martinópolis, que já atende um número imenso de doentes de outras cidades.

FALTA DE CHUVAS

A falta de chuvas no município de Indiana vem acarretando prejuízos aos sitiantes. A seca tem afetado as pastagens e o setor agrícola que padece muito com a estiagem. Várias represas praticamente secaram e os criadores sentem na pele as dificuldades de alimentar e oferecer água a seus rebanhos. Até o número de feirantes foi reduzido na feira livre, visto que não têm hortaliças para vender, às terças-feiras.

PADRE DONIZETI BEATIFICADO

Na década de 1950, a cidade de Tambaú (SP) ficou conhecida pelos milagres atribuídos ao padre Donizete Tavares de Lima, nascido em Minas Gerais em 1882, mas radicou-se nesta cidade a partir de 1926. Sábado houve a cerimônia de beatificação, presidida pelo cardeal Angelo Bacciu, que representou o papa Francisco. Cerca de 20 mil católicos estiveram presentes.

AS ROMARIAS A TAMBAÚ

Nos anos 50, lembro das romarias que saíam de nossa região, principalmente Indiana, Martinópolis e Regente Feijó. Na época não havia disponibilidade de ônibus para essas viagens. Os romeiros partiam em caminhões cobertos com toldos e bancos de madeira. Os pau-de-araras saíam lotados de famílias em busca de milagres, de curas, e até para conhecer o padre Donizete. Na verdade, eram romeiros não só de nossa região, e sim do Brasil inteiro e de outros países.

MILHARES DE CATÓLICOS

Tambaú tinha uma população de 7 mil habitantes e recebia toda semana milhares de católicos que dormiam ao relento, sob árvores, e em casas de famílias, transformadas em pensões. Há relatos de que a cidade chegou a receber numa determinada data 200 mil pessoas. O padre Donizete faleceu em 16 de junho de 1961, e em Indiana ainda tem pessoas que possuem lembrancinhas, trazidas de Tambaú.

TOPA TUDO BLACK

O comércio de Regente Feijó realizará dias 28 e 29, das 8h às 18h, e no dia 30, das 9h às 13ho, o Topa Tudo Black. A promoção tem a iniciativa da Associação Comercial e Industrial de Regente Feijó e visa estimular a população a fazer suas compras no comércio local. Bom lembrar que está ocorrendo a campanha Natal de Prêmios, que será encerrada dia 27 de dezembro.

REPRESA LARANJA DOCE

Sem dúvida, a Represa Laranja Doce, de Martinópolis, é um local agradável e recebe principalmente nestes dias de calor um público imenso de nossa região. Porém, na área conhecida como pública, há muitas reclamações dos banhistas sobre a situação dos banheiros, tanto feminino quanto masculino. Como os turistas que vêm da região são obrigados a pagar o pedágio, então, seria de bom alvitre que os responsáveis mantivessem os sanitários em condições adequadas de higiene. Sabemos que vândalos quebram torneiras e demais instalações. Então, o poder público tem obrigação de colocar vigias que cuidem e protejam esses locais.

FUGINDO DA BALANÇA

A estrada do Chora-Chora, que liga Indiana a Martinópolis, foi a primeira via entre as duas cidades, principalmente pela distância, em torno de 9 km. Como nos idos tempos, não tem pavimentação e é castigada pela falta de atenção de nossos governantes. O incrível é que continua sendo a rota de fuga dos caminhoneiros que fogem da balança existente na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425). Até caminhões de transporte de bebidas de marcas famosas trafegam por ali.

TEMPO DE VISITAS

Há menos de um mês do Natal, que tal escolher uma entidade que abrigue idosos, para fazer uma visita? São velhinhos que esperam por visitas de um parente que talvez nem exista mais, e com certeza vão ficar muito felizes com sua presença. Não precisa levar presentes, leve seu abraço carinhoso, uma palavra amiga. Qualquer gesto de amor será para eles um presente maravilhoso. Quer uma sugestão? Vá conhecer o Lar São Vicente de Paulo de Martinópolis, fundado em 14 de abril de 1946. Está localizado na Rua Frederico Ozanan.

Veja também