Sede pelo conhecimento

EDITORIAL -

Data 11/02/2022
Horário 04:15

A cultura não para. Ainda bem! Graças a ela, muitas pessoas têm acesso a diversas artes que se enquadram em uma cultura tão diversificada como a nossa. É importante que, desde pequenos, todos estejam engajados em alguma maneira de expressar a arte e cultura, de acordo com seus gostos e costumes. 
Além de incentivar a disciplina, estar inserido em algo relacionado à arte proporciona conhecimento. E vai além disso, é estilo de vida, que afeta o humor e alivia o estresse. Você sabe qual a importância da arte na sua vida? Pois bem. Em breve pesquisa, mostra que a arte nos dá um “entendimento de mundo mais amplo: é um meio de comunicação entre as pessoas e os povos; nos dá subsídios para compreender melhor a vida e nos proporciona a união da nossa racionalidade com a nossa emoção”. Além disso, sabemos da “importância da arte como ferramenta humana para expressão de sentimentos e sensações e percebemos a manifestação artística acontecendo de diversas maneiras nas diversas culturas que existem”, como bem explica a página digital Brasil Escola.
Dentro disso tudo, cabe cada um buscar seu espaço dentro deste mundo e aprender um pouco mais. Nesta semana, publicamos que estão abertas as inscrições para o projeto Camerata de Cordas Brasileiras da Escola Municipal de Artes Professora Jupyra Cunha Marcondes em Presidente Prudente. São ofertadas aulas de violão e viola caipira de forma gratuita. Embora o projeto neste ano seja desenvolvido no Museu e Arquivo Histórico Municipal Prefeito Antônio Sandoval Netto, e na Praça da Juventude e Longevidade Lucas Nalin Pasqualini, do Jardim Humberto Salvador, as inscrições podem ser feitas tanto na escola quanto nos dois locais de curso. Isso mesmo, arte gratuita. Conhecimento gratuito. Isso é sensacional. 
Basta, apenas, a boa vontade em querer aprender. Conforme publicação, Camerata é o nome dado a um grupo de instrumentos de mesma família que se juntam para tocar, nesse caso da família das cordas dedilhadas. Trata-se de um projeto de ensino de violão e viola de forma coletiva que possui duas frentes de trabalho, a primeira é uma camerata de violões e violas caipiras que atende a instrumentistas já iniciados.
Busque em sua comunidade o que ela tem a oferecer e tenha essa sede pelo conhecimento, arte e cultura. São coisas que só acrescentam na vida do ser humano.
 

Veja também