Sem reposição salarial

Toninho Moré

COLUNA - Toninho Moré

Data 12/03/2021
Horário 03:52

O vereador Wilson Hirakawa (PSDB) demonstrou na quarta-feira, nas redes sociais, a sua preocupação com os contatos entre Executivo, Legislativo e sindicato dos servidores municipais sobre qual será o percentual de reposição salarial para os vereadores no dissídio da categoria de Presidente Venceslau. Na última reunião feita entre os três interessados, não houve acordo e Hirakawa comentou que o "que estava ruim, pode piorar". 

Parte do texto do vereador

"Seria sábio dizer que o que estava ruim pode piorar, pode sim, funcionários da nossa Prefeitura tiveram a reposição salarial de 4,52% negada pelo Executivo, alegando a imposição do decreto federal, de interpretação dúbia e duvidosa, e longe de qualquer suposição constitucional". Sabemos que houve muita discussão entre vereadores, sindicalistas e prefeita, mas nada foi acertado.

Hirakawa alerta

Outro detalhe colocado no comentário de internet do vereador Hirakawa é relacionado ao limite de 51% da folha. Escreveu: "Se a folha salarial está em 38% do orçamento e o limite prudencial é de 51%, qual a razão desse posicionamento de alguém que se mostrava como a guardiã, que viria para corrigir os desmandos e por em prática a nova política". 

Vai ser dificil segurar

Nossa coluna conversou com alguns vereadores de Presidente Venceslau, e todos eles disseram que é bem provável que o Executivo venceslauense sofrerá oposição forte no Legislativo. Para a maioria, o principal problema gira em torno do “ego político” da prefeita. “Vai ser difícil segurar”, disse um vereador.  

Variante em Venceslau

O Instituto Adolf Lutz realizou análise de 53 amostras de vários municípios e constatou que em Presidente Venceslau já existe pacientes com a nova variante da Covid-19. Ela é mais contagiante e letal. A informação acendeu novamente a luz vermelha na cidade, que foi uma das primeiras a sentir o perigo da pandemia na região. 

Alerta para setor de epidemiologia

A Vigilância Epidemiológica de Presidente Venceslau criou um canal de comunicação no WhatsApp para enviar informações aos veículos de imprensa. O objetivo é estimular o setor de jornalismo da cidade na veiculação de notícias sobre a pandemia e os cuidados que a população precisa ter para não se contagiar com o vírus. 

Sem meios oficiais de informação

A prefeita Bárbara Vilches (PV) não montou um setor de assessoria para mexer com informação oficial de notícias para a imprensa. Com mentalidade colaborativa para tudo, espera desde o início de sua gestão, que os setores de jornalismo montem eles próprios as matérias relativas ao andamento da gestão municipal. 

Sem campanha de prevenção

Num momento extremamente crítico para a população, não existe nem uma campanha de informação em rádios, jornais e mídia de internet, que estimule as pessoas a ter prevenção contra o vírus da Covid-19 em Presidente Venceslau. Também não há nada oficial na área publicitária que informe a agenda para vacinação. 

Mortes de pessoas jovens

Nesta segunda onda da pandemia por Covid-19 na região, a surpresa é a morte frequente de jovens ou pessoas de meia-idade. O vírus se mostra mais violento e rápido no período da doença. Em Dracena notamos a morte de muitas pessoas na faixa entre 20 a 45 anos. É preciso tomar muito cuidado e não baixar a guarda na prevenção. 

Quem é o pai da criança

O governador João Doria (PSDB) anunciou recentemente que fará a recuperação por recapeamento da Via Vicinal da Aymoré em Presidente Venceslau. Após a notícia vinda do governo, um punhado de políticos atuais e de gestões passadas, apareceu nas redes sociais anunciando que eram conquistas suas. Está difícil para saber quem na verdade é o pai da criança. 

Preços lá em cima

Três setores que sofrem com o preço alto dos produtos no momento, o de transporte com o aumento nos combustíveis, o da construção, com o aumento e falta de materiais e o de automóveis, com a falta de carros zero quilômetro. Isto fez crescer o preço dos usados. É notória a movimentação nestes ramos em Presidente Venceslau.

Veja também