Semana Santa

Sandro Villar

O Espadachim, um cronista a favor da panela e do panelaço

CRÔNICA - Sandro Villar

Data 12/04/2022
Horário 05:30

Hoje é terça-feira e, para os cristãos, é a Terça-Feira Santa, se bem que, a meu ver, todo dia é santo. Afinal, há o santo do dia. De qualquer forma, a Quaresma entrou em sua última semana. Anteontem foi Domingo de Ramos e, no próximo domingo, comemora-se a Páscoa.
Não sei a quantas anda o consumo de peixe no Brasil, em especial na Semana Santa. Evidente que o consumo aumentou nesta semana, para alegria dos atravessadores e comerciantes, e nunca dos pescadores. O coitado do pescador pesca o peixe, mas não "pesca" o lucro.
E o preço dos peixes? Mais alto do que o LeBron James, principalmente o preço do bacalhau ainda mais se for norueguês, o verdadeiro. Não fica abaixo de R$ 100. Comida de rico. Iguaria de rico. E pensar que bacalhau já foi comida de pobre no Brasil.  
Ah, mas há outras espécies de pescado, como a tilápia e a merluza, vendidas a preços mais módicos em comparação com o bacalhau e outros peixes nobres.. Sinceramente não aprecio nem tilápia nem merluza. Não me apetecem. Incrível: parece que, no Brasil, só há dois tipos de peixes: a tilápia africana e a merluza argentina.
Acham que estou a exagerar? Confira nos restaurantes e botecos em geral. "Temos espetinho de tilápia", contou outro dia uma garçonete. Espetinho de pintado, que é bom demais,  não tem, não. Claro, o pintado custa os olhos da cara e isso deixa o freguês cego.
Além de peixes, o consumo de ovos de Páscoa também cresce muito na Semana Santa. Ótimo! Por falar nisso, tem gente que prepara saborosos ovos de Páscoa artesanais. Por falar em ovos, um lembrete: cuidado com o ovo da serpente. É uma figura de linguagem para lembrar a todos que, no Brasil atual, há alguma coisa no ar além dos aviões de carreira, como dizia o Barão de Itararé. Também por falar nisso, espero que não surja alguma coisa no ar parecida com míssil no Leste Europeu.

DROPS

O Pão de Açúcar deve ter gosto de terra.
(Barão de Itararé)

Os grandes meios de comunicação foram inventados quando ninguém tinha mais nada para dizer.
(Millôr Fernandes)

A humanidade não está se comportando muito bem ultimamente.
(Ronald Golias, comediante)

Não tenha medo e não se preocupe com nada.
(atribuído a Deus, que falou bonito)
 

Veja também