Sindicato acata liminar e ônibus voltam a circular em Presidente Prudente

Justiça decidiu pela manutenção de 70% dos trabalhadores e da prestação dos serviços de transporte público durante os horários de pico, e de 50% nos demais horários

PRUDENTE - ROBERTO KAWASAKI

Data 30/10/2020
Horário 12:30
Arquivo/Secom - Paralisação dos trabalhadores do transporte havia entrado para o segundo dia
Arquivo/Secom - Paralisação dos trabalhadores do transporte havia entrado para o segundo dia

Após liminar da Justiça do Trabalho que exigia a retomada de pelo menos parte do serviço de transporte coletivo em Presidente Prudente, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Terrestres de Presidente Prudente e Região acatou a decisão e os veículos já saíram da garagem. A informação foi confirmada pela Prudente Urbano.

Na manhã de hoje, a paralisação dos trabalhadores do transporte havia entrado para o segundo dia. Mesmo após decisão judicial publicada na quinta-feira à noite que exige a retomada de pelo menos parte do serviço, o sindicato decidiu por permanecer com a greve.

De acordo com a Prudente Urbano, assim que soube da liminar, a assessoria jurídica “deu imediato conhecimento” à diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Terrestres de Presidente Prudente e Região. “Mesmo diante da decisão judicial, optou-se por não deixar os ônibus saírem para as ruas”, afirma a empresa.

Conforme noticiado por este diário, a Justiça decidiu pela manutenção de 70% dos trabalhadores e da prestação dos serviços de transporte público durante os horários de pico, e de 50% nos demais horários, sob pena de multa no valor de R$ 5 mil por trabalhador que não cumprir a ordem.

A reportagem tentou contato com o presidente do sindicato, Wagner Schiavão, mas não obteve êxito até o fechamento desta edição.

Veja também