Solenidade marca formatura do programa Bombeiro Educador em PP

PRUDENTE - Estevão Salomão

Data 14/04/2016
Horário 08:48
Foi encerrada na manhã de ontem mais uma etapa do programa Bombeiro Educador, desenvolvido pelo 14º GB (Grupamento de Bombeiros) de Presidente Prudente, em parceria com a Seduc (Secretaria Municipal de Educação). Reunidos no auditório do Ceforppe (Centro de Formação Permanente dos Profissionais da Educação), representantes municipais acompanharam a formatura de pelo menos 280 alunos do 4º ano do ensino fundamental de quatro escolas municipais, que durante 12 horas aulas, distribuídas desde o início do ano letivo de 2016, receberam ensinamentos de primeiros-socorros, incêndio, acidentes domésticos e meio ambiente.

Jornal O Imparcial Pelo menos 280 formandos acompanharam a solenidade de formatura, ontem, no Ceforppe

Enfileirados por ordem de unidade de ensino, os alunos e responsáveis das escolas municipais Doutor Franco de Godoy – conhecida como Navio -, Professora Alayde Tortorella Faria Motta, Rui Carlos Vieira Berbet, e Professora Catarina Martins Artero, acompanharam a solenidade que contou com a apresentação da orquestra do CPI-8 (Comando de Policiamento do Interior - 8), além da premiação das quatro melhores redações, produzidas por alunos durante o curso, os quais foram recepcionados por figuras públicas, inclusive pelo prefeito Milton Carlos de Mello, o Tupã (PTB).

De acordo com a bombeiro e professora do programa, Ana Lúcia do Nascimento Santos, o momento compõe, inclusive, a conclusão dos trabalhos em 15 escolas do município. Segundo ela, em todos eles, os princípios debatidos seguem a proposta do Livro Guia do Estudante, distribuídos para cada um dos envolvidos e que trabalha com princípios educativos e de orientação, como definições de incêndio, quebra-cabeça, tipos de queimadura, exercícios de texto, entre outras, distribuídas entre 32 páginas.

Segundo o comandante do 14º Grupamento de Bombeiros, tenente-coronel PM Elias Martins Viana, este trabalho, desenvolvido desde 2015 em Prudente, é uma forma de minimizar o número de acidentes domésticos, principalmente envolvendo crianças, visto que cada um dos aprendizes são "multiplicadores de informação" sobre os ensinamentos em sala de aula. Conforme ele, esta também é uma maneira do contato direto entre a população e o Corpo e Bombeiros, considerando o esclarecimento de dúvidas, e até mesmo a visita na sede da corporação, sendo esta uma das atividades realizadas durante o período.

Representando a titular da Seduc, Ondina Barbosa Gerbasi, que estava viajando a trabalho, a secretária-adjunta da pasta, Sônia Maria Pelegrini, diz que o "conhecimento pode fazer a diferença", e que, neste caso, o maior benefício é quanto à segurança. "Quando se trata com carinho, o aprendizado é ainda maior", menciona.

As próximas escolas a receberem o programa, como explicado pela bombeiro Ana, só serão conhecidas após uma reunião entre os parceiros, porém, não divulgou data para este acontecimento.

 

Participantes


Uma das escolhidas por sua redação, a aluna Maria Joana Gomes da Silva, 9 anos, diz que durante as atividades educativas aprendeu "muita coisa" sobre os trabalhos desenvolvidos pelo Corpo de Bombeiros, especialmente no que envolve extintores e queimaduras. "Compartilho os aprendizados com a minha família", garante.

Já para a estudante Narrimann Rocha, 9 anos, da escola Doutor Franco de Godoy, o que mais ficou marcado em sua memória possui relação com os números de emergência e os trabalhos desempenhados pelos bombeiros. "Foi uma experiência muito rica", resume.

Veja também