Três pessoas são presas após assalto próximo ao Museu de Prudente

Sete funcionários de um shopping tiveram objetos pessoais subtraídos pelos bandidos; eles tentaram fugir da polícia, mas veículo apresentou "falta de potência"

PRUDENTE - CAIO GERVAZONI

Data 12/01/2022
Horário 13:49
Foto: Polícia Militar
Trio roubou objetos pessoais das vítimas, como roupas, cartões, documentos, celulares e dinheiro
Trio roubou objetos pessoais das vítimas, como roupas, cartões, documentos, celulares e dinheiro

Três pessoas foram presas na noite desta terça-feira após assaltar sete funcionários de um shopping nas proximidades do Museu e Arquivo Histórico "Antônio Sandoval Netto" de Presidente Prudente. O trio utilizou uma arma de brinquedo para anunciar o assalto e roubar os objetos pessoais das vítimas, como peças de roupas, cartões bancários, documentos pessoais, seis celulares e cerca de R$ 130 em dinheiro. 

Segundo o registro da ocorrência, quatro mulheres e três homens passavam a pé pela Rua Doutor João Gonçalves Foz quando uma dupla se aproximou e anunciou o roubo ameaçando o grupo com o simulacro de arma de fogo. Conforme indica o boletim, “a princípio, quase todos imaginaram que [o assalto] era brincadeira, mas depois perceberam que era sério e então os autores passaram a recolher os objetos de cada vítima”. Em seguida, a dupla fugiu a pé pela Avenida Manoel Goulart. 

Uma equipe da Polícia Militar que fazia patrulhamento pela região foi acionada via Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) e informada que a dupla havia entrado em um veículo Chevrolet Celta de cor prata e com para-choques pretos. O carro foi identificado pelos policiais na Avenida Washington Luiz, próximo à Rua Reverendo Coriolano. Houve tentativa de fuga, porém, o automóvel apresentou “falta de potência”.

A condutora era uma mulher e, diante da situação de falha do carro para efetuar a fuga, foi obrigada a estacionar o veículo, que tinha outros dois ocupantes: um homem no banco da frente, que confessou o assalto ao ser interrogado, e outra mulher no banco de trás. Com ela, a polícia encontrou o simulacro usado no roubo. Durante as buscas no interior do veículo, os pertences das vítimas foram achados. A mulher que conduzia o veículo e a que ocupava o banco de passageiros negaram a participação no crime.

Na Delegacia Participativa da Polícia Civil, as sete pessoas que foram assaltadas reconheceram os ocupantes do veículo como os autores do roubo. Os pertences foram devolvidos às vítimas.

Veja também