Uma Olimpíada diferente, mas com o mesmo objetivo: unir e emocionar!

EDITORIAL -

Data 24/07/2021
Horário 04:15

Considerado o principal evento esportivo do mundo, a 32ª edição da Olimpíada - talvez a mais diferente de todas realizadas até hoje – foi aberta oficialmente ontem, no Estádio Olímpico de Tóquio. Pela primeira vez na história, a cerimônia, assim como vem sendo as competições, iniciadas na quarta, não teve a presença de público. Encenou um combate entre o esporte e o novo coronavírus, em mais de três horas de duração, com homenagens, o tradicional desfile das delegações, muita música e diferentes apresentações artísticas. Pura emoção!
A pandemia de Covid-19, que já tinha sido responsável por adiar os Jogos de Tóquio de 2020 para este ano, continua... E trouxe, tanto para os participantes, como para quem ficou, acompanhando tudo de casa pela TV, um clima de insegurança e medo. Em meio a críticas de autoridades de saúde do país e rejeição da população à competição, o evento segue até o dia 8 de agosto, com medidas rígidas de segurança.
Além da ausência de público e a testagem constante por parte dos atletas, há ainda restrição de deslocamento pela cidade, necessidade de distanciamento social e uso obrigatório de máscaras. No pódio, os próprios vencedores terão que pegar suas medalhas em uma bandeja e colocá-las no peito. Tudo para evitar o contato e, consequentemente, a contaminação. O não cumprimento dos protocolos pode levar à exclusão dos Jogos Olímpicos e até a deportação do Japão.
Claro que tudo poderia estar sendo diferente... Mas neste momento, priorizar a saúde é fundamental! O evento não pode perder o seu brilho. A verdadeira intenção dos Jogos Olímpicos sempre foi e continua sendo a de unir diferentes nações. Formada por cinco anéis entrelaçados, que correspondem aos cinco continentes e suas cores, a bandeira olímpica representa a união dos povos e das raças. Sua grande importância consiste justamente na mensagem de superação e no espírito de equipe, independente da vitória nas disputas!
São mais de 11 mil atletas no local - inclusive alguns da região -, representando 204 países e tentando dar o seu melhor. Olha o tempo que eles vêm se preparando, estão lá se arriscando, em busca de oportunidades, almejando pódios, tentando alavancar carreiras, fazer história... Para a maioria deles, participar de uma Olimpíada é a realização de um sonho! Voltar com uma medalha para casa então, nem se fala!
São inúmeras as modalidades. Escolha as que você mais gosta e acompanhe! São performances que nos fazem sorrir, chorar e nos inspiram! Aproveite para se distrair, torcer, vibrar! “Unidos pela emoção”, diz o slogan! Que assim o mundo siga, sem perder a fé e a esperança, de que tudo vai passar! 

Veja também