Vendaval causa estragos em cidades da região; veja fotos

Fenômeno ocorre em razão da entrada de uma frente fria, cujo choque com massa quente e seca causa ventos fortes e chuva

REGIÃO - WEVERSON NASCIMENTO

Data 01/10/2021
Horário 13:17
Foto: Cedida
Tempestade registrada nesta tarde deixou estragos em Presidente Prudente
Tempestade registrada nesta tarde deixou estragos em Presidente Prudente

Uma enorme nuvem de poeira pegou muitos moradores da região de Presidente Prudente de surpresa no início desta tarde.

A incidência do fenômeno, segundo a Estação Meteorológica “Professor Vagner Camarini Alves”, da Unoeste (Universidade do Oeste Paulista), ocorre em razão da entrada de uma frente fria, que acabou levantando poeira dos solos secos.

“Esse choque de massa quente e seca com a frente fria está causando ventos fortes e até granizo”, explica o professor de agrometeorologia Alexandrius de Moraes Barbosa, responsável pela Estação Meteorológica.

Os ventos chegaram a 79 km/h.

Após o vendaval, a chuva chegou para baixar a poeira. “Para a primavera, o volume de chuvas deve voltar à normalidade, de 450 a 500 mm, bem como as temperaturas, com média de 25 ºC”, expõe Alexandrius.

Conforme o Corpo de Bombeiros, a quantidade de chamados é "preocupante" e as equipes estão empenhadas em diversos locais. A maior parte das ocorrências neste começo de tarde, segundo a corporação, envolve quedas de árvores, destelhamentos e quedas de fios energizados. Houve um desmoronamento num assentamento entre Teodoro Sampaio e Mirante do Paranapanema.

Sistema elétrico

A Energisa Sul-Sudeste informa que o temporal que atinge Presidente Prudente e região provocou inúmeras ocorrências no sistema elétrico. Por conta dos ventos fortes, foram registradas quedas de árvores e lançamento de galhos e outros objetos sobre a rede elétrica, causando a interrupção no fornecimento da energia elétrica em várias localidades, simultaneamente. 

A empresa acionou rapidamente o seu plano de contingência e reforçou as equipes que, neste momento, estão atuando para agilizar o restabelecimento da energia com segurança a todos os clientes afetados.

A Energisa orienta a população para que, caso encontrem fios caídos na rua ou calçada, mantenham distância e avisem imediatamente a concessionária pelo telefone: 0800 701 0326 (ligação gratuita). Além do contato via 0800, os clientes também podem acionar a distribuidora pelo aplicativo Energisa On, redes sociais ou pela Gisa, por meio do número (18) 99120-3365 (assistente virtual da Energisa pelo WhatsApp).  

"A Energisa Sul-Sudeste conta com a compreensão de todos e reafirma o seu compromisso de manter as suas equipes trabalhando de forma ininterrupta até que a energia seja normalizada para todos os clientes atingidos", comunica.

Atendimento em Prudente

A Prefeitura de Presidente Prudente comunica que, em decorrência do forte vendaval seguido de tempestade, todas as equipes estão empenhadas no atendimento às ocorrências que estão sendo comunicadas no município. Neste momento, a prioridade é atender aos chamados que oferecem riscos à integridade da população, como fios energizados caídos nas vias e árvores que ameacem cair sobre residências.

De acordo com a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil, há possibilidade de novas tempestades no decorrer da tarde e da noite, por isso, a orientação é que as pessoas evitem ficar em áreas de risco e não deixem os veículos estacionados embaixo de árvores. 

Em relação aos espaços públicos, já há informações de avarias no Recinto de Exposições Jacob Tosello, no IBC Centro de Eventos, em unidades de saúde e escolas, porém, sem vítimas. 

Alerta de segurança

Conforme alerta da Defesa Civil do Estado de São Paulo, os vendavais tombam árvores, causam danos às plantações e derrubam a fiação, provocando interrupções no fornecimento de energia elétrica e nas comunicações telefônicas. Também podem danificar habitações mal construídas e/ou mal situadas e provocar destelhamento em edificações.

Durante a incidência do fenômeno, a Defesa recomenda que a pessoa procure por um abrigo seguro, evitando árvores ou coberturas metálicas frágeis; mantenha distância de janelas, vidros e objetos perfurocortantes; não realize trabalhos com andaimes e encaixes metálicos; e, quando dirigindo, evite passar e estacionar perto de cabos elétricos, torres de transmissão, outdoors, andaimes, escadas e outras estruturas que não pareçam seguras.

Após o vendaval, o órgão pede que o cidadão não mexa com cabos de rede elétrica caídos. “Comunique a Defesa Civil ou Bombeiros sobre esses perigos”, orienta.

Veja a seguir fotos do fenômeno em cidades da região, que já contabilizam estragos causados pelo vento e pela chuva:

Junqueirópolis

Foto: Cedida

Piquerobi

Foto: Cedida

Pirapozinho

Foto: Cedida

Foto: Cedida - Praça central

Presidente Prudente

Foto: Cedida - Agência do Banco do Brasil no Jardim Bongiovani

Foto: Cedida - Agência do Banco do Brasil no Jardim Bongiovani

Foto: Cedida - Agência do Banco do Brasil no Jardim Bongiovani

Foto: Cedida

Foto: Cedida

Foto: Cedida

Foto: Cedida

Foto: Cedida - Aeroporto de Presidente Prudente

Foto: Caio Gervazoni - Parque dos Girassóis

Foto: Cedida - Jardim Itapura 2

Presidente Venceslau

Foto: Leonardo Nogueira

Santo Anastácio

Foto: Cedida

Foto: Cedida

Foto: Cedida

Veja também