Publicidade

Vereador de Álvares Machado deve acionar concessionária por melhorias em acesso

REGIÃO - DA REDAÇÃO

Data 28/11/2023
Horário 04:15
Foto: Cedida
Vereador João Sanches elabora requerimento pedindo a concessionária que faça melhorias em trecho de acesso à Álvares Machado
Vereador João Sanches elabora requerimento pedindo a concessionária que faça melhorias em trecho de acesso à Álvares Machado

Um dos principais acessos ao município de Álvares Machado, o trecho da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), no Km 576, motivou o vereador João Sanches (Solidariedade) a acionar a concessionária Cart pedindo por melhorias no local visando evitar novos acidentes. O requerimento foi aprovado em plenário durante sessão ordinária realizada pela Câmara Municipal, na última terça-feira (14).
O parlamentar pede uma previsão sobre a execução de melhorias no trecho da SP-270, entre a Rotatória do Centenário da lmigração Japonesa e o dispositivo de acesso ao município. "Bem como, acesso às empresas que promove confluências perigosas, o que vem causando inúmeros acidentes", destacou o vereador.
Sanches cobra a duplicação da variante e implantação de dispositivo de acesso para as empresas instaladas na região. "Vamos direcionar o requerimento à Cart, pois ela é a responsável pelo espaço. É um trecho muito perigoso. Um dos principais acessos ao município, além de ter fluxo de veículos de empresas instaladas naquela localidade". 
Durante a discussão do requerimento, o vereador Cláudio Salomão (PV) opinou para a formação de uma comissão parlamentar para produzir documentação, que deve ser apresentada à concessionária.
"O caminho é montar toda a documentação sobre as empresas que estão precisando desse mecanismo de acesso, além de juntar requerimentos, fotos, laudos e boletins de acidentes. Assim, formar uma comissão de vereadores e ir até a sede da Cart, em São Paulo. Pode ser uma luz para conquistarmos essa obra", frisou.

NOTA DA CART
Em nota a Cart (Concessionária de Rodovias), informou que cumpre todos os processos de ampliação e melhoramentos do trecho concedido. A concessionária esclarece que não existe previsão contratual para eventual duplicação da vicinal em comento, cabendo à concessionária apenas a manutenção do pavimento (conservação) e serviços de zeladoria na faixa de domínio (capina, roçada e manutenção da sinalização vertical).


 

Publicidade

Veja também