Vigilância Epidemiológica realiza testes em servidores da Saúde

No total, Prefeitura estima que são aproximadamente 1,5 mil testes a serem feitos; até o momento, 50% da demanda já foi efetivado

PRUDENTE - THIAGO MORELLO

Data 10/07/2020
Horário 09:03
Agência Gazeta - No caso de confirmação, servidor é imediatamente afastado para que não haja propagação da doença Foto: Agência Gazeta - No caso de confirmação, servidor é imediatamente afastado para que não haja propagação da doença

Por meio da VEM (Vigilância Municipal Epidemiológica), a Secretaria Municipal de Saúde de Presidente Prudente está testando, para Covid-19, todos os servidores municipais que compõem a pasta. De acordo com as informações da Prefeitura, são cerca de 1,5 mil testes a serem realizados durante todo o efetivo, mas 50% da demanda já foi efetivada.
Questionada se já houve pessoas diagnosticadas, o Executivo lembra que todos os casos positivos são apontados no boletim enviado diariamente, onde não há discriminação de empresa e/ou órgão de atuação. “Entretanto, é válido afirmar que no caso de confirmação, o servidor é imediatamente afastado para que não haja propagação da doença”, completa.
E é daí que também vem a importância de realizar a testagem, ainda de acordo com a administração municipal, “uma vez que esses servidores estão na linha de frente no enfrentamento à doença e em contato direto com a população, ou seja, são mais suscetíveis a serem contaminados”.

Prioridade aos essenciais

Ainda em relação a esse cenário, o presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que garante a prioridade na realização de testes da Covid-19 para profissionais essenciais ao controle de doenças e à manutenção da ordem pública, que estiverem em contato direto com portadores ou possíveis portadores do novo coronavírus.
A lei abrange profissionais que trabalham ou sejam convocados a trabalhar nas unidades de saúde durante o período de isolamento social ou que tenham contato com pessoas ou com materiais que ofereçam risco de contaminação pelo novo coronavírus.
 

Veja também