Vigilância Sanitária autua bar na Vila Santa Helena e interrompe duas festas no fim de semana

Estabelecimento funcionava após a meia-noite; confraternizações ocorriam em prédio na área central e em salão próximo à SP-270

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 16/08/2021
Horário 15:24
Foto: Cedida
Flagrantes ocorreram durante o fim de semana em Prudente
Flagrantes ocorreram durante o fim de semana em Prudente

Em Presidente Prudente, a operação para coibir aglomerações durante o fim de semana resultou em três autuações e duas notificações a estabelecimentos e locais privados que descumpriam as medidas sanitárias contra a Covid-19.

Os autos de infração foram aplicados pela Visa (Vigilância Sanitária Municipal) após flagrantes em duas festas e em um bar na Vila Santa Helena. "Nós interrompemos duas festas, uma num salão de um prédio na área central e outra num salão próximo à Rodovia Raposo Tavares [SP-270], onde os organizadores e proprietários foram autuados. Tivemos também um estabelecimento na Vila Santa Helena que foi autuado por funcionar após a meia-noite", detalha o supervisor de departamento do órgão, Daniel Gulim.

Neste período, o órgão apurou 218 denúncias. Daniel explica que que muitas apontaram para estabelecimentos comerciais, como lanchonetes e restaurantes, mas que a maioria era improcedente. “Está havendo muita confusão, pois os estabelecimentos estão autorizados a funcionar com 80% da capacidade e, nesta semana, com as novas atualizações, deve chegar a 100%. Nosso trabalho nesses casos é fazer a orientação quanto ao uso de máscaras e de álcool em gel”, esclarece.

De acordo com o fiscal da Sedepp (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico), Luis Carlos Paulon, os trabalhos do fim de semana foram relativamente calmos, sem muitas intercorrências verificadas pela pasta, que realizou 35 visitas. Neste montante, estão inclusos bares, petiscarias, pizzarias e tabacarias. Houve ainda vistorias a duas chácaras em Montalvão.

"Em geral, tivemos muitas denúncias de estudantes reunidos em casa. Acredito que, com o retorno das aulas, ocorreram essas movimentações, em residências no entorno de campus universitários. Nestes casos, foram dadas todas as orientações”, relata.

A força-tarefa é formada pela Visa, Sedepp, Semob (Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana), Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil e Polícia Militar.

Veja também