Zagueiro deixa Portugal para jogar no Japão

ASSINOU De Prudente, Leandro Freire atuava pelo Chaves no futebol português e foi contratado para integrar elenco do Shimizu

Esportes - THIAGO MORELLO

Data 01/02/2017
Horário 09:41


O ano começou, janeiro chegou ao fim, mas, para muitas pessoas, as mudanças ainda estão acontecendo. Como o caso do prudentino Leandro Freire. O jogador de futebol se despediu do Chaves, de Portugal, no último dia 24, onde atuou por seis meses, e embarcou na tarde de ontem para jogar no Shimizu S-pulse, do Japão. O zagueiro assinou um contrato de três anos com a equipe japonesa e já tem o primeiro jogo agendado para o final de fevereiro.

Jornal O Imparcial Jogador prudentino atuou durante seis meses no Chaves, de Portugal

De acordo com Leandro, a proposta surgiu após uma visita da diretoria do clube japonês a um dos treinos do Chaves. "No começo do ano, há mais ou menos uns 15 dias atrás, o diretor e o empresário do Shimizu estavam em Portugal para acompanhar pessoalmente alguns outros jogadores que eles já tinham a intenção de negociar. Na oportunidade, também funcionaram como olheiros e demonstraram interesse por mim. Nós conversamos e avaliamos a proposta e, desde então, começaram os trâmites para a transferência", afirma.

Com destino à Shizuoka, cidade que abriga a equipe japonesa, o zagueiro garante que já tem data marcada para a primeira atuação na terra do sol nascente, por isso quando desembarcar no país os treinos terão início com foco definido. "No dia 25 desse mês já inicia o Campeonato Japonês, então eu espero ter uma boa recepção e me dedicar para interagir e adaptar de forma rápida, de modo que reflita no meu desempenho dentro de campo", completa.

Em se tratando de adaptação, Leandro garante que não é uma dificuldade. Aos 27 anos, o jogador já teve algumas mudanças em sua carreira. Além de Portugal, já morou no Chipre e no Cazaquistão. "A maior dificuldade mesmo é ficar longe da família, mas a gente sabe que faz parte da profissão. Eu sou pai de um menino com um ano e oito meses de idade e no mês vem nasce meu outro filho, então é muita mudança acontecendo. Mas agora é o momento de ter a cabeça tranquila", explica.

 

Carreira


"Profissionalmente eu comecei a jogar desde o 16 anos. Porém, desde que me conheço por gente, sempre estive ligado ao futebol", esse é o relato do prudentino, quando questionado sobre o início da sua carreira. Como ele mesmo disse, desde novo já estava correndo pelos gramados. Antes de chegar ao Shimizu S-pulse, o zagueiro teve participações em vários times.

No Brasil, o destaque na atuação de Leandro foi no Paraná Clube, onde disputou a Série B do Campeonato Brasileiro, assim como no Sport do Recife, time pelo qual teve a oportunidade de jogar a Série A do Brasileirão, em 2009. "Eu tinha 19 anos e já participava de competições importantes. Sem sombra de dúvida, foi primordial para o meu amadurecimento como pessoa e atleta", relata.

Antes de partir para as cidades portuguesas, o último time de atuação no Brasil foi o Botafogo de Ribeirão Preto, quando se despediu em 2010, e partiu para o Vitória Guimarães, time que atuou por três anos e meio. Vale destacar, que em 2012 e 2013, o zagueiro conquistou a Taça de Portugal com os vitorianos. E antes de chegar ao Chaves, Leandro também jogou pelo Nacional.

Contratado pelo Shimizu, não será a primeira vez que o jogador irá atuar por um time asiático. Em meio aos times portugueses, Leandro disputou jogos pelo Ordabazy, do Cazaquistão. Além disso, ganhou a Taça do Chipre, jogando pelo clube cipriota Apollon Limassol, que, mesmo estando em um país europeu, fica mais próximo do oriente médio.

 

Veja também