Publicidade
eixosp

Live de artes marciais agita as redes nesta terça

Quem convida - alunos ou não - é o sensei Rodolfo Zanin, para juntos fazerem alguns exercícios a partir das 19h30; técnicas de judô, jiu-jitsu, entre outras, serão passadas

- OSLAINE SILVA

Data 28/04/2020
Horário 07:44
Cedida - #emcasa o sensei Rodolfo mantém os treinos físicos fazendo exercícios funcionais e calistenicos Foto: Cedida - #emcasa o sensei Rodolfo mantém os treinos físicos fazendo exercícios funcionais e calistenicos

“Manter o contato com os alunos, fazer com que eles continuem ativos, se exercitando neste período de quarentena, para que mantenham a força física e mental, com a prática das técnicas e filosofia das artes marciais (judô). Além de uma forma de ajudar as pessoas passando informação e conhecimento para que possam fazer algo para sua saúde neste período de isolamento social por conta desse tal coronavírus”. Aí está a resposta do objetivo do faixa preta 4 Dan Rodolfo Weber Zanin fazer uma live às 19h30 de hoje, transmitida em sua página no Instagram @nutirodolfozanin.

VamoAê! VamoAê! O sensei explica que será uma live com parte prática, que sugere opções para as pessoas que tenham interesse pela prática física e esportiva, alunos ou não, estarem fazendo os exercícios em tempo real e posteriormente também. “Orientarei e faremos juntos os exercícios e técnicas durante a transmissão, de luta, judô, jiu-jitsu. VamoAê... vamoaê [risos] é um grito de comando que costumo usar durante os treinamentos para incentivar os alunos. Herança de um antigo professor meu qual treinei há um bom tempo, e me ensinou muito em minha formação da base esportiva”, explica o sensei.

“ESTAMOS MANTENDO OS TREINOS FÍSICOS EM CASA, MAS, INFELIZMENTE, NÃO É A MESMA COISA QUE TREINAR NA ACADEMIA COM OS AMIGOS. A FALTA DO CONTATO COM OS ALUNOS ESTÁ SENDO BEM DIFÍCIL NESTE PERÍODO”

Rodolfo Weber Zanin

Rodolfo reforça que o público alvo se estende a todas as pessoas que têm interesse nas artes marciais, praticantes de judô, jiu-jitsu, entre outras. Assim, espera que muitos possam acompanhar a live, pois com as academias fechadas, muitos atletas e praticantes de artes marciais estão parados sem poder treinar ou sem saber como praticar em casa e manter a força física para quando voltar.

“Estamos mantendo os treinos físicos em casa, fazendo vários exercícios funcionais e calistenicos [peso do próprio corpo] e alguns exercícios técnicos específicos da luta, mantendo a forma física e equilíbrio mental. Mas, infelizmente, não é a mesma coisa que treinar na academia com os amigos, parceiros de treino, pessoas diferentes. A falta do contato com os alunos está sendo bem difícil neste período”, destaca o sensei.

 

 

 

 

 

 

Veja também