#vaipassar

EDITORIAL - DA REDAÇÃO

Data 31/03/2020
Horário 04:29

Em meio à pandemia, gestos de solidariedade também tomam conta dos noticiários. Seja oferecendo marmitas gratuitas pelas estradas afora, seja comprando dos microempreendedores, seja rezando uns pelos outros. Ou sendo felizes em família, dentro de casa, inovando a rotina para que a quarentena não seja tão tediosa assim.

Certamente, todos estão tirando alguma lição de tudo isso. É impossível não se pegar tendo uma reflexão sobre o que está acontecendo e tirar algo positivo. De repente, tudo parou. Tudo mudou. As famílias se reinventaram. As empresas se transformaram. Se não todas, a maioria delas. Não só no Brasil. No mundo todo.

O mundo entrou em quarentena e todos, em um único tom, pedem para que as coisas se movam, mas que volte tudo ao mais próximo da normalidade, o mais rápido possível.

De repente, aqueles almoços de família aos domingos, as risadas dentro do ambiente de trabalho, o barulho das escolas, tudo começou a fazer muita falta. Saudades da padaria cheia, das lojas movimentadas por causa das promoções, das santas missas e cultos evangélicos. Saudades de reunir os amigos para o churrasco da sexta-feira e do café da tarde na casa da vó. Saudades do trânsito e da conversa fiada com os vizinhos. De ir à academia e reclamar dos exercícios para o personal. Pequenas coisas que nos eram tão comuns e nos fazem tanta falta.

É preciso tirar de tudo isso uma lição. Papa Francisco, em uma situação histórica, concedeu indulgência plenária aos fiéis que tenham se confessado, comungado e não cometido pecado mortal e deu a bênção do Santíssimo. Pediu que não tenhamos medo. “Estamos em um tempo de provação, no qual temos de decidir sobre o que conta e o que passa, o que é necessário e o que não é. É o tempo de nos reajustarmos na roda da vida e de ter força de espírito para as entregas”, afirmou Francisco.

Diante de um cenário jamais visto, é preciso ter fé e esperança. Tudo isso vai passar, mas, algum ensinamento positivo vai ficar. Que todos possamos crescer humanamente. #vaipassar!

Veja também