Comissão de vereadores encontra farmácia fechada durante vistoria

Ao todo, os membros fiscalizarão 22 pontos de atendimento da cidade, incluindo os quatro distritos prudentinos.

  • 17/03/2015 08:29
  • Aline Martins e Mariane Gaspareto-DA REDAÇÃO
 

A Comissão Especial de Vereadores esteve na manhã de ontem na UBS (Unidade Básica de Saúde) e na ESF (Estratégia Saúde da Família) do Jardim São Pedro, em Presidente Prudente. Os dois espaços ficam próximos um do outro. No primeiro local citado, os membros encontraram três cadeiras de dentistas "sem condições de uso". Já no segundo, a farmácia do posto estava fechada.

Conforme o relator da comissão, Adilson Regis Silgueiro (PMDB), as cadeiras não tinham condições de serem utilizadas. "Estão rasgadas e muito antigas", frisa. Já na ESF, encontraram as portas da farmácia fechadas. "Disseram que é por falta de funcionário, mas o munícipe não tem nada a ver com isso. Ele não tem hora para sentir dor ou mal estar. É preciso um auxiliar de farmácia ali todos os dias para isso não se repetir", destaca.

Além de Silgueiro, a comissão é composta por Demerson Dias (PSB) e Valmir da Silva Pinto (PTB). Ao todo, os membros fiscalizarão 22 pontos de atendimento da cidade, incluindo os quatro distritos prudentinos.

Como noticiado anteriormente em O Imparcial, a Comissão Especial de Vereadores é responsável por acompanhar o inquérito civil instaurado pelo MPE, que investiga as unidades de saúde de Prudente, com o intuito de apurar supostas irregularidades sobre o ponto biométrico, que estaria sendo burlado por médicos que prestam serviços à Secretaria Municipal de Saúde.

A reportagem tentou repercutir as visitas de ontem com os secretários municipais de Saúde e de Comunicação – Sergio Luiz Cordeiro de Andrade e Marcos Tadeu Cavalcante Pereira, respectivamente – por meio dos celulares, mas não obteve êxito.

 

ÚLTIMAS DO AUTOR