Reprodução/Facebook: Missa foi transmitida pelas redes sociais e pela Radio Onda Viva

Foto: Reprodução/Facebook: Missa foi transmitida pelas redes sociais e pela Radio Onda Viva

PELA INTERNET

Dom Benedito preside Missa dos Santos Óleos

  • 09/04/2020 14:34
  • DA REDAÇÃO

Nessa quinta-feira, Dom Benedito Gonçalves dos Santos, bispo diocesano, presidiu a Missa dos Santos Óleos, às 10h, no Seminário Diocesano Nossa Senhora Mãe da Igreja de Presidente Prudente. O rito ocorreu sem a presença dos fiéis e foi transmitida ao vivo pela página da diocese no Facebook e pela Rádio Onda Viva FM 95,7.

A Missa da Ceia do Senhor, celebrada nesta quinta-feira, dá início ao chamado Tríduo Pascal e faz memória da Última Ceia, quando Jesus, na noite em que foi traído, ofereceu ao Pai o Seu Corpo e Sangue sob as espécies do Pão e do Vinho, e os entregou aos apóstolos para que os tomassem, mandando-os também oferecer aos seus sucessores.

Significado

Todos os anos na Quinta-feira Santa, as dioceses se reúnem em suas catedrais para a celebração da Missa do Crisma. Porém o bispo, se necessário, pode antecipar a celebração. É o caso da Diocese de Presidente Prudente que realiza o rito tradicionalmente na noite da quarta-feira.

Durante esta celebração, se abençoa o óleo dos catecúmenos e dos enfermos e se consagra o óleo do Santo Crisma.

– Óleo dos Catecúmenos: Concede a força do Espírito Santo aqueles que serão batizados para que possam ser lutadores de Deus, ao lado de Cristo, contra o Espírito do mal.

– Óleo dos Enfermos: É um sinal utilizado pelo sacramento da Unção dos Enfermos, que traz o conforto e a força do Espírito Santo para o doente no momento de seu sofrimento. O doente é ungido na fronte e na palma das mãos.

– Óleo do Crisma: É um óleo utilizado nas unções consacratórias dos seguintes sacramentos: depois da imersão nas águas do batismo, o batizado é ungido na fronte; na Confirmação é o símbolo principal da consagração, também na fronte; depois da Ordenação Episcopal, sobre a cabeça do novo bispo; depois da ordenação sacerdotal, na palma das mãos do neo-sacerdote.

Após o término do rito, os padres voltam para suas comunidades e levam a porção dos óleos para que possa ocorrer a prática dos sacramentos dos seus fiéis.

Devida a pandemia do coronavírus e a grande quantidade de padres que a diocese possui, somente alguns sacerdotes participaram dessa celebração nessa quinta-feira.

 

Com Pascom