Dos 9 casos positivos de coronavírus na região, 6 evoluíram a óbito

Até o início desta noite, cidades regionais haviam confirmado mais quatro casos positivos da doença, sendo três mortes; suspeitos são 284, ao todo

REGIÃO - THIAGO MORELLO

Data 08/04/2020
Horário 19:30
 Divulgação - Apenas metade dos pacientes que morreram por Covid-19 na região tinha mais de 60 anos Foto: Divulgação - Apenas metade dos pacientes que morreram por Covid-19 na região tinha mais de 60 anos

Se antes havia uma preocupação e impaciência quanto à demora para chegar os resultados dos exames feitos para atestar casos de Covid-19 na região, nesta semana eles começaram a chegar e nem sempre são os melhores. Até o início desta noite, mais quatro casos positivos da doença foram confirmados em Presidente Prudente e Presidente Venceslau, sendo três mortes. Com isso, das nove incidências do novo coronavírus registradas no entorno até agora, seis foram a óbito.

No primeiro caso, a VEM (Vigilância Epidemiológica Municipal) de Prudente comunicou que dois dos três óbitos registrados no último domingo, como informado por este diário, são as confirmações que chegaram ontem. “Trata-se de duas mulheres, uma de 48 e outra de 69 anos. Desta forma, subiu para três o número de casos confirmados de coronavírus na cidade”, completa.

Já em Venceslau, também na tarde de hoje, a Prefeitura divulgou o terceiro óbito no município por Covid-19. Conforme informações da administração, trata-se de uma mulher de 53 anos. Além deste caso, a Prefeitura confirmou ainda mais um caso positivo da doença na cidade, que está em acompanhamento, neste caso, em uma mulher de 61 anos.

Com isso, são seis mortes na região por Covid-19: uma em Dracena, duas em Prudente e três em Venceslau. Apenas metade tinha acima de 60 anos.

MENOS CASOS

SUSPEITOS

Em contrapartida, pela primeira vez, a região fechou o saldo com menos suspeitos de Covid-19, se comparado com o dia anterior. Na terça-feira o dia havia encerrado com 314 suspeitas, que caiu para 284 hoje. Isto é, 20 a menos. Isso também é reflexo da chegada dos resultados dos exames do IAL (Instituto Adolfo Lutz), não só de confirmações, mas também de descartes. Por exemplo, em Narandiba, foram descartados sete, em Tupi Paulista e Rancharia um, e em Prudente 19.

SAIBA MAIS

Casos suspeitos: Adamantina (3), Alfredo Marcondes (4), Caiabu (1), Dracena (4), Euclides da Cunha Paulista (4), Iepê (8), Lucélia (1), Mariápolis (1), Martinópolis (10), Mirante do Paranapanema (7), Narandiba (13), Osvaldo Cruz (1), Ouro Verde (1), Pirapozinho (5), Presidente Epitácio (7), Presidente Prudente (183), Presidente Venceslau (2), Rancharia (5), Regente Feijó (2), Rosana (8), Sandovalina (3), Santo Anastácio (3), Taciba (3) e Teodoro Sampaio (3).

Veja também