Fiéis mantêm contato com Deus dentro de casa

Católicos da região têm acompanhado as celebrações pelos canais de comunicação, diante da pandemia do Covid-19, que suspendeu a realização de missas

REGIÃO - WEVERSON NASCIMENTO - Da Redação

Data 04/04/2020
Horário 05:34
Weverson Nascimento - Na casa de Mariana, família agora assiste as celebrações na sala, pela TV Foto: Weverson Nascimento - Na casa de Mariana, família agora assiste as celebrações na sala, pela TV

Por conta da pandemia novo coronavírus, as igrejas suspenderam a realização de missas até nova ordem, na Diocese de Presidente Prudente. Com isso, muitos fiéis têm acompanhado celebrações pela televisão e feito suas orações em casa. Este hábito, inclusive, mobiliza famílias na busca constante da comunhão com Deus.

Na casa da consultora comercial, Mariana Lemes Félix, a sala recebeu mais um cantinho para reunir a família. Lá foi instalado um altar para ela, os filhos Maria Paula, Lucas e Rafael, além do marido Paulo Henrique, para participarem das celebrações através dos meios de comunicação. “Nós precisamos de Deus e neste momento não podemos ir à casa Dele, mas podemos recebê-lo em nossa casa”.

Nestes dias em que frequentar igrejas e aglomerações não é o recomendado, a consultora explica que a família acompanha missas e adorações ao vivo com as crianças, e realiza a oração da manhã, a qual cada um pode fazer de forma individual ou em conjunto. Mas, neste momento de pandemia mundial, os fiéis acabam sentindo falta, principalmente, da vida em comunidade e do momento de comunhão com Deus. “As crianças até comentam que sentem falta de servir, de ir à missa, mas eu sinto mais falta da Eucaristia, pois ficar sem receber Cristo é dolorido”.

“NÓS PRECISAMOS DE DEUS E NESTE MOMENTO NÃO PODEMOS IR À CASA DELE, MAS PODEMOS RECEBÊ-LO EM NOSSA CASA

Mariana Lemes Félix

Mariana explica que o padre de sua paróquia (São Judas Tadeu) teve muita sabedoria quando propôs a oração da manhã, adoração à tarde e missa à noite. “Isso de alguma forma nos acalenta e nos dá força diante da situação a qual estamos vivendo. Não desanimar e ter fé, realmente é essencial. Estamos unidos em comunidade e isso é lindo”.

UNIÃO COM

A FAMÍLIA

Em Piquerobi, a agente comunitária, Edileuza dos Santos Estevam, reforça que a sala de sua casa se tornou uma igreja. Participante da Paróquia São Miguel Arcanjo, ela explica que a medida tem a importância de não perder o contato com Deus, pois ele está contigo em cada momento da sua vida e, que, ainda está incorporando a rotina e as novas formas de comunhão.

Antes do surgimento da pandemia, Edileuza diz que frequentava o grupo de oração, mães orantes e a Santa Missa todos os domingos às 19h. No entanto, os horários nem sempre são assertivos, mas diz que consegue todo os domingos, às 18h, parar com a minha família em frente à TV e fazer sua comunhão espiritual com Jesus. “Porque isso é o que está nos fortalecendo e nos abastecendo para enfrentarmos as dificuldades atuais”.

A pandemia trouxe também uma maior união com a casa, com os familiares, tendo em vista está que passando mais tempo com os filhos e o esposo. “É uma época que eu estou passando mais tempo com a minha família, porque eu tinha várias funções na igreja e muitas vezes tinha que sair um pouquinho a mais de casa. E agora não, eu tenho mais tempo para minha família, para estar falando de Deus para eles, ou seja, dar uma atenção maior”.

((BOX))

Conselhos para participar das celebrações

- Prepare a tua mente – Não é uma transmissão qualquer, é a Santa Missa. Tome consciência do que será transmitido;

- Prepare o teu espírito – Entre no clima como se estivesse entrando na igreja. Convide o Senhor para visitar a tua casa;

- Prepare o teu corpo – Que o exterior corresponda ao interior;

- Prepare a tua casa – Crie um ambiente com vela, crucifixo e a bíblia aberta. Tua casa é uma pequena igreja;

- Peça a colaboração – Convite a tua família para rezar junto ou pelo menos colaborar. Nada de barulho, distração ou conversa;

- Reze, cante e silencie junto – Siga a missa respondendo e cantando junto. Peça ao teu anjo da guarda para levar as tuas intenções e coloca-las no altar;

- Liturgia da palavra – Leia as leituras da bíblia, na liturgia diária, no folheto ou no celular. Escute o que Deus está te dizendo;

- Liturgia Eucarística – Cristo se faz presente com seu corpo, sangue, alma e divindade. A consagração é um grandiosíssimo milagre;

- A Comunhão Espiritual – Não se compara com a comunhão sacramental, mas é um meio para estimular a nossa alma a unir-se ainda mais a Jesus; e

- Ide em paz e o senhor voz acompanhe –Dê graças a Deus. Faça o sinal da cruz. Mande uma mensagem de paz e confiança para outras pessoas.

Fonte: Diocese de Presidente Prudente

 

Veja também