Mais que distração na quarentena, concurso deve revelar novos talentos

EDITORIAL - Da Redação

Data 22/05/2020
Horário 04:30

Há cerca de dois meses, na tentativa de combater o novo coronavírus - que continua fazendo milhares de vítimas por dia no país -, a orientação vem sendo uma só: fique em casa. Se necessário sair, use máscara. O item passou a ser obrigatório. Ficar isolado, no entanto, tem sido complicado pra muita gente. Este momento de medo e incertezas, sem saber como e quando tudo isso vai passar, tem feito muitas pessoas perderem o sono, recorrerem a remédios e a enfrentarem crises de ansiedade.

Para outros, no entanto, a quarentena é encarada como um período para descanso, um momento para aproveitar a família e até de reflexão e autoconhecimento. O ideal, mesmo que difícil, é tentar se distrair. Se envolver com uma boa leitura, ouvir uma música, montar um quebra-cabeça, jogar videogame, baralho ou qualquer outra coisa que seja.

Com o intuito justamente de promover distração e entretenimento nestes temos de pandemia, a Secult (Secretaria Municipal de Cultura) de Presidente Prudente tem promovido diversas programações, todas on-line e gratuitas, à população. Além das lives musicais, que fizeram sucesso no mês de abril, com transmissões realizadas diretamente do Espaço Laje do Centro Cultural Matarazzo, a pasta realiza desde a última semana, a Mostra de Teatro em Ambientes Virtuais. As encenações podem ser conferidas pelo canal do YouTube ou pelo Facebook da secretaria.

A mais recente novidade, anunciada na edição de ontem deste diário, é a 13ª edição do Clipp (Concurso Literário de Presidente Prudente) Ruth Campos, que está com inscrições abertas até o dia 15 de julho, nas categorias conto, crônica e poesia. Os interessados, que devem ter mais de 14 anos, podem inscrever no máximo dois textos (tema livre) de cada categoria pelo site www.culturapp.com.br.

Os textos serão escolhidos por uma comissão e publicados, sem custo para seus autores, em uma antologia com aproximadamente 200 páginas. Tanto a entrega dos prêmios, como o lançamento da obra, devem ocorrer em outubro, mas tudo dependerá da situação da Covid-19 na cidade.

Oportunidades com esta são importantes não apenas para o interessado testar a escrita, mas, principalmente, para divulgar seu trabalho e mostrar o seu dom. Além de incentivar a leitura, principalmente entre os mais jovens, e ser mais uma forma de se distrair nestes tempos de pandemia, a ação deve com certeza, revelar novos talentos, principalmente locais. Escritores que, apesar de talentosos, permaneceriam desconhecidos. Tempo não é mais desculpa, resta agora aproveitar...

Publicidade
eixosp

Veja também