Isadora Crivelli - Ambulatório conta com aparelhos de ponta para os serviços a serem oferecidos

Foto: Isadora Crivelli - Ambulatório conta com aparelhos de ponta para os serviços a serem oferecidos

ATENDIMENTOS PELO SUS

Novo CS1 permitirá economia de R$ 600 mil/ano ao erário

Em parceria com a Prefeitura, novo ambulatório médico da Unoeste atenderá a população com infraestrutura completa e tecnologia de ponta

  • 22/02/2020 04:00
  • THIAGO MORELLO - Da Reportagem Local

Às margens do HR (Hospital Regional) Doutor Domingos Leonardo Cerávolo, em Presidente Prudente, a Unoeste (Universidade do Oeste Paulista) inaugurou, na manhã de ontem, o novo ambulatório médico da instituição: “Professora Ana Cardoso Maia de Oliveira Lima”. E com o intuito de unir uma infraestrutura completa e tecnologia de ponta em saúde na formação dos futuros médicos e a serviço da população prudentina, o prédio também sediará o CS1 (Centro Municipal de Especialidades), que até então funcionava no Centro de Saúde 1, conhecido por Palácio da Saúde. A parceria com a administração municipal vai permitir uma economia de R$ 600 mil ao ano para os cofres públicos.

E como dito e ressaltado pela instituição de ensino, o local, construído e equipado pela Unoeste, conta agora com a parceria da Prefeitura para atendimentos à população, por meio do SUS (Sistema Único de Saúde). “São quase 4 mil metros quadrados de área construída, com consultórios próprios, salas de aula e biblioteca”, completa.

Com isso, o secretário municipal de Saúde, Valmir da Silva Pinto, destaca que o que motivou “esse namoro” foi a economicidade e a inovação tecnológica. “Além de um local novo, a Unoeste vai ofertar equipamentos de ponta, novos móveis que, sem dúvidas, auxiliarão no atendimento à população”, completa. Fora isso, a instituição ainda será responsável pela limpeza, segurança e recepção, e custeio de insumos como água, energia, telefone e internet. Na contrapartida, para minimizar os custos, o município arcará com R$ 30 mil mensais.

E é daí que vem a economia para o erário, ainda de acordo com o secretário. Mensalmente, a mudança proporcionará uma poupança de quase R$ 50 mil por mês. Sendo assim, no ano, a soma gera R$ 600 mil. “Isso apostando por baixo. E ainda há um novo CS1, totalmente repaginado e melhor. Não trouxemos uma cadeira para cá”, detalha.

Já no que tange à quantidade de atendimento, estima-se que serão ofertados cerca de 30 mil por ano. Com base no relatório do ano passado, conforme a municipalidade, foram 47.969, mas levando em conta todos os serviços oferecidos no antigo prédio. O número é menor, na estimativa, por conta da divisão, uma vez que alguns procedimentos não serão transferidos ao novo espaço.

Na ocasião, a Unoeste foi representada pelo diretor da Faculdade de Medicina da universidade, Gabriel de Oliveira Lima Carapeba, no qual ele frisou a importância da parceria, que traz um “atendimento público com tamanha tecnologia”. Ademais, ele ressaltou a chance de oferecer, aos estudantes, um “contato com o que existe de mais moderno em termos de aparelhagem e infraestrutura”..

ATENDIMENTO

E MUDANÇAS

A partir da novidade, o antigo prédio que recebia os serviços passa a não funcionar mais, já que tudo foi e ou será remanejado. Valmir frisa que no novo ambulatório da Unoeste funcionará o Banco de Leite Humano, bem como a parte médica que era oferecida no antigo prédio. A exceção fica por conta da sala de vacina e do atendimento odontológico, que também mudarão de local, mas não acompanharão a transferência para o novo espaço.

Segundo o secretário, a sala de vacinação funcionará na UBS (Unidade Básica de Saúde) Centro, que fica na Rua Pedro de Oliveira Costa, 156, nas proximidades da Prudenco (Companhia Prudentina de Desenvolvimento). “O local está sendo preparado para isso, já que antes não oferecia esse serviço, justamente por ter o Palácio da Saúde próximo dali”, diz. E o atendimento odontológico vai para uma UBS, ainda a ser definida.

SERVIÇO

O novo ambulatório já está em pleno funcionamento, das 7h às 17h. O prédio está localizado na Avenida Comendador Hiroshi Yoshio, Cidade Universitária, em frente ao Hospital Regional.