O Espadachim, um cronista que não vende ilusões. Por enquanto!

  • 01/04/2020 07:45
  • Sandro Villar

Acho que mesmo com a tragédia e a tristeza causadas pelo novo coronavírus, muita gente mundo afora certamente vai pregar peças e contar lorotas neste 1º de abril, que espero que não seja o último da Humanidade. Os mais descontraídos contam as suas mentiras. "Te peguei! É 1º de Abril", costuma-se dizer.

Para não perder o costume, o salário mínimo vai saltar para R$ 4 mil porque, enfim, o nosso armado, quer dizer, o nosso amado governo do Mito(?)retirou a cera do ouvido e decidiu ouvir e acatar os estudos do Dieese, que é do ramo e, até onde sei, não faz bobagens quando o assunto é a economia.

Faz tempo que o Dieese bate nesta tecla, ou seja, salário mínimo de R$ 4 mil, o básico para uma família se manter. Animados com a notícia? Fake news, meus caros e minhas caras. Peguei vocês na mentira. É 1º de Abril e não me levem a bem.

Que bom seria um salário mínimo de R$ 4 mil. Daria pro povão comprar alguns quilos de alcatra e até fazer passeios turísticos, quando a situação se normalizar aqui e lá fora.

De repente, surgiram novos cantores e compositores tão bons como o Nelson Gonçalves e o Altemar Dutra, para citar dois cantores, e o Noel Rosa e o Tom Jobim, para citar dois estupendos compositores. Também desta vez levei vocês na lábia, parecendo o $ilvio $antos aos domingos. Lembrai-vos: é o dia da mentira. Milton Nascimento disse recentemente, numa entrevista à Folha de S.Paulo, que a música brasileira atual está, digamos, como aquilo em que mosca gosta de pousar. Sim, respeitável público, é aquela palavra que começa com a letra M, prossegue com um E, engata um R, surge um D e termina com a letra A. Não é de bom alvitre escrever palavrão por extenso em um jornal de família como O Imparcial (sou um rapaz educado).

Torço para que surjam bons cantores e compositores, mas está difícil e o Milton Nascimento tem razão. Esses cantorzinhos e essas duplas sertanejas, que de sertanejo não tem nada, cantam lixos musicais, besteiras e desculpem a minha sinceridade. Sem talento, esse pessoal agride os nossos ouvidos.

E uma grande mentira, no Brasil, é a data da revolução de 31 de março, a Redentora de 1964, que durou mais de duas décadas, décadas de trevas e obscurantismo.

Na verdade, o golpe foi dado na madrugada de 1º de abril, quando o general Mourão 1 (hoje temos o vice, Mourão 2) saiu de Minas Gerais com sua tropa e rumou para o Rio de Janeiro.

Como o dia 1º de abril é o dia da mentira, os golpistas, para evitar uma situação ridícula e as gozações, mudaram a data para 31 de Março. Tem gente que acredita, assim como também tem gente que acredita no coelho da Páscoa e no Papai Noel.

 

DROPS

Bolsonaro frita Mandetta, mas não disse que tipo de óleo usa na frigideira.

Se o cenário é de terra arrasada, por que a polícia não prende o cenógrafo?

A situação na Rússia começa a ficar ruça.

Vamos rezar para que o Putin não fique Putin da vida.

ÚLTIMAS DO AUTOR

36 Latinhas

  • 26/05/2020 05:30

O Quinto Beijo

  • 24/05/2020 06:30

O Quinto Beijo

  • 24/05/2020 06:29