Divulgação - Boa parte dos documentos está condensada no novo RG, informa Prodesp

Foto: Divulgação - Boa parte dos documentos está condensada no novo RG, informa Prodesp

JANEIRO A JULHO

Poupatempo emite 29,5 mil RGs em Prudente

Expectativa é que número aumente nos próximos meses pela busca do novo modelo da carteira de identidade, que promete facilitar a vida do cidadão

  • 21/08/2019 08:23
  • MARCO VINICIUS ROPELLI - Especial para O Imparcial

O Poupatempo de Presidente Prudente, até o dia 31 de julho, entregou 29.559 RGs (Registros Gerais) aos cidadãos da região, estando inclusos documentos novos ou a segunda via, informa a Assessoria de Imprensa da Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo). O número, significativo, tende a aumentar nos próximos meses devido ao novo modelo de RG que todos os postos de São Paulo passaram a oferecer ontem.

O diretor administrativo e financeiro da Prodesp, Murilo Macedo, acredita que a partir do início da entrega do novo modelo, a tendência é que “o cidadão interessado em facilitar sua vida, ter todos os documentos condensados em apenas um, para não precisar ficar andando com vários papéis, vá em busca desse novo modelo nos postos do Poupatempo no Estado, inclusive no de Presidente Prudente”. Apesar disso, não foi registrada procura no primeiro dia de vigência, pois os atendimentos são agendados com antecedência. Houve somente demandas de pessoas retirando dúvidas no posto prudentino.

O novo RG, conforme explica Murilo, possui diversos novos números e pode substituir vários outros documentos: Título de Eleitor, Carteira de Trabalho e Previdência Social, Certificado Militar, Carteira Nacional de Habilitação, documento de identidade profissional, cartão do SUS (Sistema Único de Saúde), NIS/PIS/Pasep (Número de Identificação Social/Programa de Integração Social/Programa de Formação de Patrimônio Público). Outro destaque é a presença de dados como informe de alguma deficiência, tipo sanguíneo e fator Rh, o que será de extrema importância, enfatiza o diretor, “para, por exemplo, o atendimento de alguém que se acidente na rua”. “Já saberemos todos os seus dados de saúde e será mais eficiente o socorro”.

 

Inclusão social

Outra mudança importante que o novo RG traz é a possibilidade de transexuais e travestis inserirem em sua carteira de identidade o nome social, ou seja, o nome pelo qual preferem ser chamados cotidianamente, sem que seja necessária a mesma burocracia do antigo modelo. 

Quem pretendesse colocar o nome social no RG antes das mudanças, precisaria entrar na Justiça para conseguir alterar o nome no registro civil, para só então conseguir a alteração no RG. Agora, basta o cidadão realizar no balcão de atendimento do Poupatempo a autodeclaração e seu requerimento será prontamente atendido, sem que seja necessária qualquer burocracia adicional. “É algo muito importante para o respeito e a própria autoestima dos transexuais e travestis”, destaca Murilo.

Serviço

O novo RG não é obrigatório, entretanto, quem desejar tê-lo pelas facilidades que proporciona, basta marcar atendimento no Poupatempo pelo site poupatempo.sp.gov.br ou no aplicativo SP serviços. Para adicionar dados à carteira de identidade, é necessário levar os documentos oficiais para comprovação de veracidade.