Prefeitura abre 1.851 novas vagas em creches

Com isso, a administração municipal zerou a lista de espera de crianças cadastradas até 10 de outubro de 2019

PRUDENTE - WEVERSON NASCIMENTO

Data 23/01/2020
Horário 04:00

Janeiro chegou e com ele se inicia mais um ano letivo para os estudantes da rede municipal de Presidente Prudente. Conforme a Seduc (Secretaria Municipal de Educação), na educação infantil foram atendidos, em 2019, 9.106 alunos em período parcial e integral, divididos entre berçário, maternal e pré-escola. Para 2020, serão atendidas, além daquelas que já frequentavam a escola no ano anterior, 1.851 crianças que estavam na lista de espera, zerando, com isso, a demanda por creches no município até 10 de outubro de 2019.

Para as famílias dessas crianças, segundo a pasta, foram enviadas cartas para comparecerem às escolas próximas de sua casa para efetuarem a matrícula. “As famílias que solicitaram vaga após 10 de outubro serão atendidas conforme houver a abertura de vagas remanescentes, com exceção dos alunos da pré-escola, que são atendidos prontamente devido à obrigatoriedade de matrícula”. Além disso, em 2020, será inaugurada uma nova escola de educação infantil no Parque Alexandrina, que atenderá o total de 261 alunos em período integral e parcial, destacou o município.

ADEQUAÇÕES DE

MATRÍCULAS

Em nota, a Prefeitura destaca que, por meio da Secretaria Municipal de Educação, faz estudos minuciosos, anualmente, a fim de compreender a demanda de cada região, como ponto de partida para organizar a quantidade de classes em cada escola. No entanto, desde 2017, está em uso o Programa de Georreferenciamento para adequações de matrículas de alunos iniciantes e que alteraram o ciclo, baseando-se na determinação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional que garante: “Vaga na escola pública de educação infantil ou de ensino fundamental mais próxima de sua residência a toda criança a partir do dia em que completar 4 [quatro] anos de idade”.

Desta forma, destaca que os alunos garantiram uma vaga na educação básica próximos de sua residência, ocasionando um uso mais adequado e assertivo do número de vagas de cada unidade escolar. Além disso, diversas unidades escolares passam anualmente por ampliações, reformas e adequações, buscando ampliar o atendimento e atender com mais qualidade os alunos.

“Essas ações possibilitaram ao município atender a Meta 1 do Plano Municipal de Educação [Lei 8.962/2015] sobre o aumento, de maneira gradativa, do atendimento da demanda por creche.
Mais que isso, a Prefeitura continua buscando alternativas para ampliar o atendimento das vagas em creches, pois sabemos da importância deste atendimento na primeiríssima infância”, aponta a administração municipal.

Publicidade
eixosp

Veja também