Publicidade
eixosp

Região soma 4 mortes suspeitas por coronavírus

Ontem, a Prefeitura de Presidente Venceslau notificou o primeiro óbito suspeito na cidade; número de casos investigados chega a 256, em 24 cidades

REGIÃO - THIAGO MORELLO

Data 31/03/2020
Horário 19:53
Josué Damacena (IOC-Fiocruz): Resultados de exames são aguardados Foto: Josué Damacena (IOC-Fiocruz): Resultados de exames são aguardados

Em mais um dia de luta e combate ao novo coronavírus, Covid-19, a região agora soma quatro mortes suspeitas por conta da doença. Isso quer dizer que quatro pessoas podem ter morrido com o vírus, mas ainda não é possível ter certeza, até que saiam os resultados dos exames. O caso mais inédito veio na manhã de ontem, com a possibilidade de um registro em Presidente Venceslau. A cidade se junta a Rancharia e Presidente Prudente, que também investigam óbitos.

No caso mais recente, a Santa Casa de Venceslau atualizou o boletim informativo sobre o cenário da doença na cidade. Segundo a Secretaria de Saúde, o caso foi notificado na segunda-feira, mas ocorreu há mais de uma semana. No atestado de óbito da vítima consta que a causa pós-morte aguarda confirmação do resultado do teste de Covid-19.

A pasta não tinha ciência do fato até ser informada. Por conta disso, a possível incidência está a parte dos casos suspeitos anteriormente relatados. No total, o município investiga oito pessoas, sendo que três estão internadas, uma na Santa Casa da cidade e outras duas no HR (Hospital Regional) de Prudente; quatro em isolamento domiciliar, além do óbito suspeito.

Com isso, soma-se quatro mortes suspeitas por conta do Covid-19, já que em Prudente o município estuda dois possíveis óbitos. As vítimas são um homem de 57 anos e uma mulher de 56. Assim como em Rancharia, a pasta da Saúde da cidade aguarda o resultado do exame de um adolescente de 16 anos, que também faleceu no final de semana.

 

SITUAÇÃO

REGIONAL

Já contabilizando os possíveis óbitos, no total, a região tem agora 256 casos suspeitos da doença, investigados em 24 cidades. São 31 a mais que ontem, com a entrada de cidades inéditas, como por exemplo, Taciba, com duas suspeitas; mesma quantidade de Regente Feijó; além de Iepê com oito; e Teodoro Sampaio com um.

Na maior cidade do oeste paulista, Prudente, que concentra a maior quantidade, o número foi de 149 para 156, conforme balanço diário da VEM (Vigilância Epidemiológica Municipal). Só ontem foram sete novos suspeitos. Também foram sinalizados mais três descartes, totalizando 20 agora. No geral, são 176 notificações.

CIDADES COM CASOS SUSPEITOS:

Adamantina (3), Alfredo Marcondes (2), Caiabu (1), Dracena (1), Euclides da Cunha Paulista (11), Iepê (8) Junqueirópolis (2), Lucélia (1), Martinópolis (7), Mirante do Paranapanema (6), Nantes (1), Narandiba (17), Pacaembu (2), Panorama (4), Piquerobi (1), Presidente Epitácio (6), Presidente Prudente (156), Presidente Venceslau (8), Rancharia (5), Regente Feijó (2), Rosana (6), Sandovalina (2), Santo Anastácio (3) e Teodoro Sampaio (1).

 

 

Veja também