Sobre

OPINIÃO - Sandro Rogério dos Santos

Data 27/10/2019
Horário 05:20

Ideias são pássaros livres. Ao expressá-las, voam propondo nova visão sobre a vida – cada vez mais estrangulada por visões tacanhas, imediatistas e autoritárias. As ideias podem se encarnar, tomar vida na vida das pessoas e dos povos. E há ideias luminosas, transformadoras. Costumo soltar “pássaros” (compartilhar ideias) diariamente, seja pelas redes sociais, seja pela pregação, seja aqui nesta página. Muitos desses, peguei-os de outros e ao cuidar deles tornei-os meus. Soltarei mais e caso pegue algum, querido leitor, estimada leitora, cuide bem dele.

Sobre liberdades e expressões. Tem gente que assim como não guarda para si a sua opinião também não aguenta as consequências de tê-la expressado. Falou, assuma. Opinou, aceite a divergência. Não é porque disse ou escreveu e alguns curtiram ou concordaram que todos tenham a mesma visão, opinião ou atitude. Nos ‘debates’ atuais continua havendo um tanto de intolerância e outro de infantilismo.

Sobre perdão e paz. Que o mundo de hoje, sofrido e atônito, possa acolher a sabedoria do ensinamento de São João Paulo II: «Não haverá paz sem justiça nem justiça sem perdão». Por isso, lembremo-nos de que para vencer o ódio e o instinto de vingança, e para abrir o coração aos outros, precisamos exercitar a humildade. Um coração preenchido e transformado é capaz de perdoar porque, antes, fez a experiência do amor.

Sobre o bom do amor. O bom do amor é que nos retira dos esconderijos e nos coloca a salvo, à sombra ou ao sol. O bom do amor é que podemos ser com quem conosco é. O bom do amor é que não se escolhe, se reconhece. O bom do amor é que podemos nos deixar envolver e levar por ele. Nem caras nem características determinam a sua força. O amor é. Quem ama é. Quem é, ama. O bom do amor é que ele nos revela fortes quando em relação de acolhida uns dos outros.

Sobre noite, silêncio e angústias. Que dramática melodia compõem as sirenes que rompem o silêncio da noite citadina. Bombeiros, resgate, ambulância... quanta ansiedade despertam em quem ouve seus sinais sonoros sem saber a quem, nem por que, socorrem. No silêncio, na noite... há angústias a serem vencidas. A nossa confiança é a de que o novo dia sempre desponta, ainda que o sol leve um pouco mais de tempo para se mostrar.

Seja bom o seu dia e abençoada a sua vida. Pax!!!

Veja também