Agosto dá as caras

Sandro Villar

O Espadachim, um cronista que consome sal a julho e não a gosto

CRÔNICA - Sandro Villar

Data 03/08/2023
Horário 05:30

Não é a contragosto que agosto chegou e, por falar nisso, hoje já é dia 3 de agosto, o mês do cachorro louco, de acordo com a crendice popular. Por que agosto ostenta o epíteto de mês do cachorro louco? Sei lá, dona Lalá. Reza a lenda que as cadelas entram mais no cio em agosto e, assim, deixam os cachorros doidões. Daí a expressão mês do cachorro tarado, quer dizer, do cachorro louco.
Bem, na primeira linha do primeiro parágrafo, mencionei que hoje é dia 3 e, como vocês estão calvos de saber, sempre tem o santo do dia no calendário. Hoje é Dia de Santa Lídia e, logo de cara, lembro que ela nasceu na Grécia antiga e conheceu alguns apóstolos de Jesus, incluindo Lucas, o São Lucas. 
Lídia converteu-se ao Judaísmo e, depois de conhecer Lucas, aderiu ao Cristianismo. Ela era uma mulher considerada rica para a época. Sua atividade profissional estava ligada à extração de uma tintura vermelha (o tal de vermelho "cheguei") produzida por algumas espécies de crustáceos. Lídia ganhou dinheiro com isso. 
Ela vendia a tintura para produtores de tecidos, que coloriam as roupas de vermelho. Todo mundo gostava daqueles tecidos vermelhos. Apesar de rica - ou de bem-sucedida nos negócios -, Lídia era humilde e se dedicou à pregação do Evangelho de Jesus Cristo na região, no caso, Grécia e adjacências. Por causa de sua atividade profissional, Santa Lídia foi proclamada padroeira dos tintureiros e comerciantes.
Por falar em vermelho, o sangue foi derramado em grande quantidade no Guarujá às vésperas de começar o novo mês. A tensão continua. É sempre assim: preto e pobre sempre pagam o pato. Eles são os suspeitos de sempre para uma polícia despreparada e mal remunerada. Duro de aguentar é a cara de pau de certas "otoridades" que tentam justificar a carnificina, que deixou um saldo de 14 mortos. 
Agosto entrou para a história também por causa de alguns fatos funestos, como as bombas atômicas que mataram mais de 200 mil pessoas nas cidades de Hiroshima e Nagasaki, no Japão. Aliás, o Japão já estava destroçado, mas sabem como é: os EUA explodiram as bombas para intimidar e amedrontar a então União Soviética. É assim que o mundo é. 
Fatos funestos também ocorreram no Brasil em agosto, como o suicídio de Getúlio Vargas, a renúncia de Jânio Quadros e o golpe contra a presidenta Dilma Rousseff. Quer mais? Acho que isso é suficiente para lembrar de três crises políticas no Brasil registradas em agosto. 
Agosto também é o mês em que morreram grandes artistas. Elvis Presley morreu no dia 16 e, dias depois, o comediante Groucho Marx também foi embora deste insensato mundo. Os dois partiram em 1977 e tomara que nunca sejam esquecidos.
 lvis foi o artista mais famoso e o mais fotografado do mundo. "Antes de Elvis não havia nada", disse John Lennon sobre Elvis, o rei do rock. Groucho Marx era um baita comediante e humorista (humorista seria o sujeito que escreve textos satíricos). Em seu túmulo, ele mandou colocar a seguinte lápide: "Desculpe, não posso me levantar". No arremate, bom agosto a todos, use temperos a gosto, mesmo a contragosto, e rezem para Santa Lídia, a santa do dia.    

P.S.: Outro dia falei aqui dos saudosos sargentos Aurélio Bertolucci e João Bosco. Os dois eram são-paulinos de três cores. No caso do bombeiro Bosco, ele também era enfermeiro e trabalhou no Hospital Psiquiátrico Bezerra de Menezes. Também foi artista plástico e duas de suas obras estão no bar do Osmar, na Rua das Palmeiras.  

DROPS

Não preciso escrever um romance, pois a minha vida já é um livro aberto.

Não reclame, a não ser no Procon.

Filme da Semana no Cine Brasil: "Chacina no Guarujá", estrelando grande elenco eletrizante, que não nega fogo.

Os pobres precisam se ajudar uns aos outros.
(samurai no filme japonês "Depois da Chuva")

Vai construir ou reformar?
Casa das Tintas, a loja do Élcio, tem as melhores tintas. Entregas em domicílio: 3907-7500 e 99132-0716. Casa das Tintas na Cohab. Avenida Ana Jacinta. 1.663. 

Veja também