"Lili"

DignaIdade

COLUNA - DignaIdade

Data 20/07/2021
Horário 06:00

Gracioso musical da era de ouro do cinema produzido em 1953 e dirigido por Charles Walters e estrelado pela francesinha adorável Leslie Caron. No filme, ela interpreta a órfã de 16 anos, Lili, que chega a uma cidade em busca de um apoiador, mas ele faleceu e ela resolve se juntar a um grupo mambembe. Lá, ela é protegida por um belo mágico (Jean-Pierre Aumont) por quem ela se apaixona à primeira vista, sem perceber a atenção do encantador homem das marionetes (Mel Ferrer), um ferido de guerra, com autoestima baixa. O elenco conta também com a beleza de Zsa Zsa Gabor e inúmeros musicais encantadores e canção-tema (Hi Lili Hi Lili, Hi Lo) que marcou época. Indicado a seis Oscars recebeu apenas o de Melhor Trilha Sonora Original 
    
“Aducanumabe: uma luz no fim do túnel para o Alzheimer”

A doença de Alzheimer é a principal causa de demência entre os humanos, atingindo principalmente os idosos, e se caracterizando pela perda progressiva das funções cognitivas e intelectuais que acabam por provocar impactos nocivos nas funções instrumentais da vida diária. A doença de Alzheimer se caracteriza pelo depósito de proteínas de forma anômala em áreas específicas do cérebro, principalmente as áreas temporais (que comandam a memória e outras funções do conhecimento). Os achados típicos são os depósitos de proteína beta-amiloide (configurando placas senis anômalas) e de proteína fosfotau (provocando o aparecimento de emaranhados neurofibrilares típicos). Os tratamentos medicamentosos existentes para a doença de Alzheimer se baseiam na melhora dos níveis de neurotransmissores responsáveis pela memória. Medicamentos anticolinesterásicos (donepezila, galantamina e rivastigmina) inibem uma enzima chamada acetilcolinesterase e com isto há um aumento dos níveis de acetilcolina, que é o neurotransmissor positivo da memória. Posteriormente surgiu a memantina que inibe receptores do neurotransmissor glutamato, este apresenta um papel regulador inibitório sobre a memória. Portanto, a redução do seu efeito colabora na ação da acetilcolina. Estes dois grupos básicos são as opções atuais de tratamento para a doença, sem provocarem qualquer ação interruptora ou redutora da formação das placas citadas. Recentemente, o FDA aprovou o uso de uma droga chamada Aducanumabe que deverá entrar em breve em comercialização. Trata-se de um anticorpo monoclonal que se liga seletivamente às fibrilas amiloides, o que poderia provocar a interrupção da formação das placas de beta-amiloide. A droga terá um custo extremamente elevado e ainda há muitas controvérsias entre os especialistas sobre a sua real eficácia na prática clínica, mas se trata de um grande avanço terapêutico numa área de trevas reinantes durante muitas décadas. 

Dica da Semana

Filmes – DVD 

Filmes em DVD com Leslie Caron:
A francesa Leslie Caron (com 90 anos atualmente) fez sucesso na história do cinema americano desde a sua estreia em 1951 com “Sinfonia de Paris” (“An American in Paris”), que ganhou o Oscar de Melhor Filme em 1951, dirigido por Vincente Minnelli e estrelado por ela e Gene Kelly. Outro filme estrelado por ela em 1958 também ganhou o Oscar do Ano, novamente dirigido por Minnelli, ao lado de Louis Jourdan e Maurice Chevalier: Gigi. Uma das rainhas dos filmes musicais, Leslie Caron, uma excelente bailarina também estrelou outros dois clássicos em 1955: “Sapatinhos de Cristal” e “Papai Pernilongo” (ao lado de Fred Astaire). 
 

Veja também