"Menos burocrático e mais ágil, CPR Financeira auxilia produtor no desenvolvimento das atividades"

Cristiano Machado

Rosimeire Luvizon, assessora de Negócios da cooperativa Sicredi Rio Paraná PR/SP, fala sobre os benefícios desta modalidade de crédito

COLUNA - Cristiano Machado

Data 09/09/2021
Horário 06:00
Foto: Sicredi Rio Paraná/Divulgação 
Rosimeire Luvizon destaca benefício desta modalidade de crédito 
Rosimeire Luvizon destaca benefício desta modalidade de crédito 

Em entrevista recente ao programa “Agro & Negócios”, na Rádio 101 FM de Presidente Prudente (oeste de SP), Rosimeire Luvizon, assessora de Negócios da cooperativa Sicredi Rio Paraná PR/SP, falou sobre os benefícios da chamada CPR Financeira, uma modalidade de crédito.

Agro & Negócios - O que é CPR?
Rosimeire Luvizon - A CPR Financeira é uma modalidade de crédito que atende a demanda de aquisição antecipada de insumos e que contribui para o desenvolvimento da atividade do produtor rural.

Agro & Negócios - Qual a importância para o produtor?
Rosimeire Luvizon - Crédito de extrema importância para auxiliar o produtor rural no desenvolvimento de sua atividade, menos burocrático e mais ágil, desde o momento da solicitação dos associados junto a sua agência bancaria até efetivamente a liberação do saldo na conta corrente do associado.

Agro & Negócios - Quais os benefícios e facilidades que a cooperativa Sicredi apresenta neste sentido aos seus cooperados e associados?
Rosimeire Luvizon - A CPR traz ao associado Sicredi vários benefícios e facilidades como: menor burocracia com documentações e comprovações financeiras onde se faz necessário apenas a apresentação de um orçamento simplificado e sem necessidade de plano/ projeto. É uma linha de crédito onde não incide a cobrança do IOF (Imposto sobre operações financeiras) gerando menos custos/despesas financeiros aos associados; Esta operação não é registrada ao SICOR e desta forma não compromete o limite plano safra vigente no CPF do associado, tornando-se uma outra fonte de auxilio e apoio para o desenvolvimento da propriedade e dos associados; Importante ressaltar também o benefício de antecipar todo insumo agropecuário necessário para o desenvolvimento da atividade rural com taxas e prazos mais que especiais e adequados.

Agro & Negócios - Quais as orientações para os produtores que a cooperativa oferece nesta modalidade?
Rosimeire Luvizon - Procure uma agência Sicredi e saiba mais informações sobre esta linha de crédito. Aproveite as facilidades, taxas e prazos especiais que somente o Sicredi traz para você associado. A gente coopera e o campo prospera, juntos!



"Precisamos vender soluções de alimentação e não só quilos de carne". 
Andrea Mesquita, zootecnista e CEO do Território da Carne, em entrevista ao Boletim Cicarne, da Embrapa, reproduzida na íntegra no www.norteagropecuario.com.br


Mais divulgação do gestor e menos informação técnica e útil ao produtor 

A troca feita pelo governador João Doria Júnior no comando da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento de São Paulo, em junho, não foi apenas no comando da pasta. Houve uma mudança na política de comunicação, no conceito de propagação de notícias e informações relacionadas ao setor do campo no Estado.
Números comprovam a tese. Desde que o deputado estadual licenciado, Itamar Borges, do MDB, assumiu o cargo, a comunicação da Secretaria publicou em seu portal na internet 220 press releases. Esses materiais são republicados ou servem de pauta para os veículos de comunicação convencionais como jornais, portais de notícia, site, blog, rádios e TVs. Os dados se referem até a última quinta-feira, dia 25. Os dados são do www.norteagropecuario.com.br.
Desse total, 117 divulgações tinham como destaque principal o secretário, com seu nome ou função no título da publicação, acompanhado de fotos de Borges em reuniões, visitas, anúncios, etc.. Já, 103 divulgavam ações da secretaria, ou seja, traziam dados relativos à produção, difusão de informações técnicas, tecnologias úteis aos homens e mulheres do campo do território paulista.
Isso quer dizer que 53,18% do trabalho da comunicação, até agora, destacou mais o gestor – um deputado estadual licenciado que precisa de votos caso queira se manter na Assembleia Legislativa de São Paulo. Por outro lado, em suma, menos da metade dos esforços dos comunicadores pagos com dinheiro público teve como objetivo levar informações úteis para o cotidiano dos empreendedores rurais.
Também com base em números, em uma rápida análise, é fácil identificar como foi esta mudança de rumos da comunicação. Em abril e maio, últimos meses da gestão de Gustavo Junqueira, a comunicação da Agricultura propagou 87 informações jornalísticas em seu site na web. Desse total, apenas nove tinham o gestor como destaque principal. Outras 78 foram materiais jornalísticos efetivamente úteis não só aos meios de comunicação, mas principalmente aos produtores.

RESPOSTA DA GESTÃO
Por meio de comunicado oficial e, em resposta ao www.norteagropecuario.com.br, a assessoria de comunicação da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo refutou a tese de mudança no foco do setor.
Confira a nota na íntegra: "Não existe mudança de foco na comunicação da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. A secretaria continua focada em dar visibilidade ao trabalho produzido por sua equipe técnica, estimativas de safra e produção, técnicas e tecnologias agrícolas e pesquisa agropecuária, assim como também às ações do executivo da pasta. Fato comprovado pelos dados enviados pelo jornalista. Não ouve uma diminuição na produção de conteúdo técnico, sim um aumento exponencial, de 182%, na divulgação do trabalho desenvolvido pela SAA.
Nos primeiros meses também foram lançados programas importantes para os produtores rurais, como o Rotas Rurais, o AgroSP+Seguro, além do maior investimento da história do governo do Estado em pesquisa agropecuária.
A atual gestão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento tem como um dos principais objetivos aumentar o diálogo com funcionários, corpo técnico, produtores rurais, gestores municipais e toda a cadeia produtiva do agro paulista. Para que esse objetivo seja alcançado, é fundamental que os novos programas e iniciativas da SAA, assim como ações, encontros, reuniões e iniciativas dos gestores sejam divulgadas de forma transparente para o setor, a imprensa e a população em geral.
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo"

AgriculturaSP/Divulgação

Itamar Borges assumiu a secretaria em junho deste ano 
 

Veja também