"O Trapalhão no Planalto dos Macacos"

DignaIdade

COLUNA - DignaIdade

Data 10/08/2021
Horário 06:45

No início dos anos 70, havia uma “macacomania” originada pelo filme “O Planeta dos Macacos” de 1968, que deu origem a cinco longas-metragens, uma série de TV, um desenho animado, revistas em quadrinhos e imitações por todo o mundo. Renato Aragão foi na onda e produziu o filme “O Trapalhão no Planalto dos Macacos”, uma paródia divertida sobre a série estrelada por ele e o parceiro Dedé Santana, e contou com a primeira participação do humorista Mussum (ainda em 1976, antes de Zacarias e da estreia do programa dominical na Globo). Na trama dirigida por J.B. Tanko, Didi e Dedé são perseguidos pelo guarda Mussum que os confunde com assaltantes de joalherias, e durante a perseguição acabam sendo levados de balão para uma terra desconhecida, onde os macacos dominam os humanos. Lá, são perseguidos e conseguem fugir após um monte de trapalhadas. Foi o primeiro grande sucesso da carreira cinematográfica do grupo, que bateria todos os recordes com a produção seguinte: “O Trapalhão nas Minas do Rei Salomão” de 1977. Humor infantil, anárquico e com sabor de vesperal do Cine Presidente. 

“HMB: Envelhecer sem perder músculo”

O HMB (hidroximetilbutirato) é um metabólito do aminoácido leucina que tem sido utilizado como prevenção do desenvolvimento da sarcopenia em idosos, bem como melhorar a força muscular e o desempenho físico das pessoas em processo de envelhecimento. A sarcopenia é uma síndrome clínica geriátrica que é caracterizada pela perda progressiva e generalizada da massa musculoesquelética, acarretando na perda de força muscular e grave comprometimento funcional na execução das atividades simples da vida. Desta forma, a sarcopenia seria um elemento inicial presente em um conjunto de outras síndromes geriátricas que interferem o poder de autonomia e independência do idoso, advindo em imobilidade, instabilidade postural (quedas), incontinência urinária, e fragilidade orgânica. Atuar na melhora do músculo dos idosos é uma ação fundamental dos profissionais que lidam com o idoso, e envolvem estratégias físicas (o incremento da atividade física é fundamental na melhora da massa muscular) e nutricionais, com o uso de diversos suplementos protéicos que auxiliam na construção muscular e aumento do número e tamanho das fibras musculares. O HMB tem sido alvo de diversos estudos e ensaios clínicos e há uma aprovação científica de que seu uso contínuo e regular, de forma prolongada, poderia prevenir a sarcopenia e a cascata de alterações dela decorrentes. As principais alterações provocadas pelo HMB são de estabilizar a membrana da célula muscular, de modular a degradação de proteínas, estimular a síntese protéica, elevar os níveis de coenzima Q10, melhorando a capacidade oxidativa, resultando no aumento da força e da massa muscular em treinos de resistência. Muitos suplementos nutricionais de indicação especializada (nutricionistas e médicos) para idosos têm incorporado em suas composições, a presença do HMB visando à melhora musculoesquelética dos idosos e que tais resultados são incrementados em associação a uma dieta balanceada e à atividade física regular. O HMB é produzido no próprio organismo e também se encontra em alimentos saudáveis, como ovos, laranja, peixe e leite, e sua reposição deve ser sempre sob orientação. 

Dica da Semana

Televisão 

Reprise dos filmes dos Trapalhões no SBT: 
O SBT comprou um lote de 35 filmes dos Trapalhões (desde 1965) e vem exibindo todas as sextas às 23h após o “Programa do Ratinho”. Já foram exibidos, “Os Saltimbancos Trapalhões”, “Trapalhões na Serra Pelada” e “O Trapalhão nas Minas do Rei Salomão”, dentre outros. Para os saudosistas. 


 

Veja também