Pandemia: Circo Moscou segue na região com apresentações drive-in

Atualmente em Venceslau, grupo busca o maior número possível de parcerias com cidades do entorno, para que possa conseguir voltar à capital paulista, seu local de origem

VARIEDADES - THIAGO MORELLO

Data 06/08/2020
Horário 08:14
Adriano Kirihara - Grupo tem se apresentado em Venceslau, no sistema drive-in, sem cobrança de ingressos
Adriano Kirihara - Grupo tem se apresentado em Venceslau, no sistema drive-in, sem cobrança de ingressos

No começo do ano, o Circo Moscou Internacional chegou à região para realizar espetáculos e fazer aquilo que mais se comprometem: levar alegria ao público que aprecia a trupe circense. O problema é que pouco tempo depois que se instalaram por aqui, a pandemia da Covid-19 gerou o período de isolamento social, sendo necessário, então, não realizar aglomerações. O cenário prejudicou o grupo, que permanece no entorno por não possuir condições de se locomover para longas distâncias.
Guilherme Horácio Cabral Palácios, que é diretor geral da companhia, detalha que já são cinco meses na região, situação essa que nunca ocorreu em outra ocasião, isto é, nunca permaneceram por tanto tempo em apenas um local. “Na verdade, o circo nesta data era para estar em Campo Grande [MS], conforme programação organizada anteriormente, completa.
Diante disso, uma das formas de tentar aliviar a situação foi por meio da realização de espetáculos drive-in. Atualmente, o circo está em Presidente Venceslau, onde anunciou uma parceria com a Prefeitura local. Não haverá mais cobrança de ingressos para os veículos, que entrarão de graça, mas mediante retirada de ingressos na Secretaria Municipal de Educação e Cultura ou biblioteca municipal.

“O IMPACTO FINANCEIRO TEM SIDO GRANDE, E TAMBÉM PARA A CULTURA. COM ESSA PARCERIA TEMOS CONSEGUIDO AO MENOS RECOMEÇAR E LEVAR UM POUCO DE ALEGRIA NESSE MOMENTO DIFÍCIL”
Guilherme Horácio Cabral Palácios

“O impacto financeiro tem sido grande, e também para a cultura. Com essa parceria temos conseguido ao menos recomeçar e levar um pouco de alegria nesse momento difícil”, destaca Guilherme. Porém, ele lembra que não é fácil permanecer no mesmo local, onde o público começa a se repetir nas apresentações.

Planos futuros do circo

O plano agora é tentar conseguir o maior número de parcerias com cidades da região, para que possam voltar à capital paulista, local de origem. E em um desses casso, há a expectativa de retorno para se apresentar em Presidente Prudente. O diretor geral afirma que há uma negociação com a Prefeitura, para que seja feito um acordo semelhante a Presidente Venceslau.
O chefe da Secult (Secretaria Municipal de Cultura), Paulo Silvio da Costa Sanches, confirma que procede a informação e que a ideia é trazer o circo de volta à cidade nos próximos dias. Ele explica que foram procurados pelo grupo há cerca de 30 dias. “Incialmente a ideia foi realizar no Parque do Povo. Mas pela limitação do espaço para ocupar carros, demos a ideia de realizar-se no Recinto de Exposição Jacob Tosello”, diz.
O que foi aceito. Com isso, a negociação ficou a cargo da Setur (Secretaria Municipal de Turismo). À reportagem, o secretário interino, Augusto Márcio Litholdo, conclui que a parceria para a concessão do espaço, incluindo uso de água e energia sem custos, está em discussão, mas encaminhado. “Falta um pedido formalizado, no papel”, finaliza.

Veja também