“Refletir em trovas”

JOSÉ COSTA

COLUNA - JOSÉ COSTA

Data 18/02/2021
Horário 03:35

Muitos ricos se combinam,
Com vaidade, ódio e mágoa.
Mas vejam quantas riquezas
Está numa gota d´água.
                     (José Costa)

Hospital do câncer

A governadora do Distrito LC 8 de Lions Internacional, Marli Minetto, do Lions Clube de Macatuba, a fim de promover uma maior integração entre os clubes, está promovendo a “Gincana Conectada”. Dentre as tarefas, os clubes estão realizando a coleta de gelatina, onde cada clube tem livre escolha para a destinação desse produto. O Lions Clube de Irapuru Caçula está determinado e arrecadando gelatinas, até o próximo dia 25, que será doado ao HRCPP (Hospital Regional do Câncer de Presidente Prudente). Qualquer pessoa poderá fazer a sua doação e não basta necessariamente ser de Irapuru, e os interessados poderão entrar em contato para mais informações junto ao Lions Clube de Irapuru Caçula, pelo telefone (18) 98126-4224.                                                                                                                                      
 

Circo

O Circo Dione, muito conhecido na região, mas que já esteve presente também em Estados vizinhos, instalou-se no Recinto da Aceruva em Junqueirópolis, pois está sendo palco para a rodagem do filme “Corona Circus” até a semana que vem. A companhia dos atores veio do Rio de Janeiro, dentre eles, Dedé Santana, Lisa Vieira, Francisco Carvalho e Pedro Caetano. Não haverá espetáculos para o público, pois o Circo Dione foi montado somente para ser cenário do filme. Trata-se de um circo familiar, tendo Dionísio Rombini como responsável e no elenco sua família já de quatro gerações. O circo tem sua sede em Junqueirópolis, onde a família sempre residiu num sítio próximo à cidade.

Escorpiões

A equipe do Controle de Vetores realiza visitas em todos imóveis de Lucélia, fazendo busca ativa de escorpiões nos quintais e terrenos, visando identificar os possíveis criadouros e orientar a população sobre a forma de prevenir o aparecimento de escorpiões, tais como manter o quintal e terrenos limpos, retirando entulhos, galhos secos, madeiras, manter fossa séptica bem vedada, tapar todos os ralos da residência, vedar soleiras das portas, preservando inimigos naturais de escorpiões: sapos, lagartos, coruja, etc.
 

Doações das reeducandas

Foram produzidos e doados pela Penitenciária Feminina de Tupi Paulista para entidades beneficentes da região: 445 kits de roupa de cama hospitalar feito por suas reeducandas. A entrega foi realizada no Salão do Júri do Fórum de Tupã a representantes da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Tupã, Casa dos Velhos de Tupã, Cervida (Centro de Estudos e Recuperação para a Vida de Tupã) e Hospital Beneficente São José de Herculândia. Compostos por lençol, forro de cama e fronha, os kits foram produzidos por 60 reeducandas do regime fechado, capacitadas pelo Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza em curso de costura de 160 horas/aula, na unidade prisional.  

Covid-19

Diante do aumento de casos da Covid-19 em Dracena, a Polícia Civil receberá diariamente uma lista com os nomes das pessoas que estão em quarentena, que foram confirmadas positivas para o novo coronavírus. A determinação é do prefeito da cidade, André Lemos, mas, segundo a Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Dracena, caso a polícia compareça em alguma das casas dessas pessoas indicadas na lista, ela terá de estar no Cemac (Centro Municipal de Atendimento à Covid). Se for encontrada em outro local, será responsabilizada criminalmente pelo artigo 268, do Código Penal. Na cidade, com quase 50 mortos pela Covid-19, há uma preocupação diante dos aumentos dos casos, tanto que promotores recomendam para que o prefeito decrete fase vermelha por pelo menos por 15 dias.

Disque-denuncia

Outra ação que está sendo iniciada na cidade diz respeito ao disque-denúncia. Cidadãos poderão denunciar se souberem de pessoas contaminadas e que não estejam cumprindo a quarentena, existências de aglomerações e ainda estabelecimentos que não estejam cumprindo o decreto. Basta ligar no (18) 99643-3435 e informar tal situação.

Veja também