10ª RA fecha 2018 com saldo positivo de 181 vagas de emprego

No balanço anual, setor de serviços teve o melhor desempenho, com superávit de 1.580 admissões; na contrapartida, indústria sofreu mais

REGIÃO - THIAGO MORELLO

Data 24/01/2019
Horário 04:03
Marcio Oliveira - No saldo anual, setor mais prejudicado foi o da indústria, com saldo negativo de 687 vagas
Marcio Oliveira - No saldo anual, setor mais prejudicado foi o da indústria, com saldo negativo de 687 vagas

O Brasil fechou 2018 com saldo positivo de 529,5 mil novos empregos formais, segundo números do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados ontem pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. Na 10ª RA (Região Administrativa do Estado de São Paulo), com sede em Presidente Prudente, o superávit foi acompanhado, mesmo que numa proporção menor: 181 vagas de emprego. Os dados são relativos aos 12 meses do último ano, e levam em conta todas as admissões e demissões feitas durante o período.

No entanto, é válido lembrar que (veja tabela), separadamente, a região teve mais meses em baixa do que em alta. No total foram sete com índices negativos, inclusive dezembro: -2.169. E ao analisar os setores que sempre são elencados, oito categorias, metade fechou o ano com mais demissões e a outra com mais admissões.

Nessa balança, o setor que melhor se sobressaiu foi o de serviços, com saldo positivo de 1.580 contratações. Números que, no entendimento do gerente regional do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), José Carlos Cavalcante, estão relacionados com a necessidade da categoria de precisar de mais mão de obra, bem como o aumento na quantidade de empresas prestadoras de serviços que abriram. “Em comparação com demais setores, podemos dizer que foi um ano bom para nós, embora não tenha sido muito promissor, mas com perspectivas”, comenta.

O que não é válido para a indústria. A categoria teve o pior desempenho ao longo do ano, consequentemente fechando 2018 com saldo negativo: -687. Na análise mensal, a baixa no setor começou em março e não parou até agora. Mas, na verdade, essa crise não é de hoje, segundo o diretor regional do Fiesp/Ciesp (Federação/Centro da Indústria do Estado de São Paulo), Wadir Olivetti Júnior. “Desde 2014 o segmento vem sofrendo. O Brasil é um país muito ingrato com o setor da indústria. É um país agrícola, onde não tem um viés industrial. Isso pode mudar ao longo do tempo e esperemos que seja assim”, completa.

Além do serviço e da indústria, o comércio faz parte dos três pilares que mais movimentam o setor empregatício. E nesse meio, a categoria também não fechou o ano passado bem. Para ser mais exato, foi o segundo que mais sofreu, como detalhado no saldo negativo de 356 vagas de emprego. “Foi uma temporada difícil, ruim mesmo. Numa situação que quem empatou, ou seja, perdeu e ganhou na mesma proporção, foi quem saiu melhor. Crise econômica, que esperamos que seja superada em 2019”, pontua o presidente do Sincomércio (Sindicato Comércio Varejista Presidente Prudente), Vitalino Crellis.

Último mês

Ontem, na verdade, foram divulgados os resultados do último mês do ano passado, no qual foi possível verificar o desempenho anual. Como observado, foi o pior período de 2018 para a 10ª RA. Juntos, os 53 municípios fecharam dezembro com o saldo negativo de 2.169 vagas emprego. Na conta exata, foram 2.523 desligamentos contra 354 contratações. Dos oito setores, apenas um fechou em alta no mês, o comércio, com destaques negativos para serviços e agropecuária.

NÍVEL DE EMPREGO NA 10ª RA EM 2018              
PERÍODO Extrativa mineral Indústria de transformação Serviços Industr. de Utilidade Pública Construção Civil Comércio Serviços Administração Pública Agropecuária, extr. vegetal, caça e pesca Total
Janeiro -6 97 -22 -159 -125 118 -27 173 49
Fevereiro -2 1 6 -117 -216 600 139 266 677
Março 2 664 20 -74 -270 505 51 918 1.816
Abril -2 628 -3 40 -9 694 4 108 1.460
Maio 11 -108 0 31 -217 124 -8 -154 -321
Junho 3 -120 -26 13 -214 -29 -7 -271 -651
Julho 0 -124 15 -63 -27 195 -4 -110 -118
Agosto -4 -54 21 74 295 -183 45 88 282
Setembro 2 -97 -1 -36 -175 53 -9 -155 -418
Outubro 10 -279 11 -14 148 144 -16 -164 -160
Novembro 1 -870 -2 -6 384 118 -20 129 -266
Dezembro -5 -425 -1 -31 70 -759 -282 -736 -2169
TOTAL 10 -687 18 -342 -356 1.580 -134 92 181
Fonte: Caged                

Veja também