2ª Dise prende líder do tráfico, a esposa e mais dois comparsas em Prudente

Segundo a Polícia Civil, investigado tinha ajudantes que o auxiliavam a cuidar das drogas, a fim de evitar eventual prisão

PRUDENTE - ROBERTO KAWASAKI

Data 28/04/2021
Horário 10:24
Foto: Polícia Civil
Drogas foram apreendidas em diferentes endereços 
Drogas foram apreendidas em diferentes endereços 

Quatro pessoas foram presas em Presidente Prudente por envolvimento com o tráfico de drogas. O flagrante ocorreu ontem, durante ação da 2ª Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes), da Deic-8 (Divisão Especializada de Investigações Criminais)

A investigação começou há alguns meses, quando a delegacia especializada passou a receber diversas denúncias anônimas sobre a atuação de um dos alvos, homem de 59 anos. De acordo com os relatos, ele estaria envolvido com o tráfico de drogas na cidade. 

Diante disso, os policiais iniciaram trabalho investigativo com o uso de diversas técnicas, a fim de comprovar a veracidade das informações.

Na segunda-feira, uma nova denúncia dizia que o investigado faria a entrega de entorpecentes, no entanto, buscaria a droga em um dos pontos de ocultação.

De acordo com a Polícia Civil, atualmente, os traficantes buscam outras alternativas para não serem presos, uma delas, é colocar ajudantes para cuidarem das drogas. No caso do investigado, havia dois locais, um no Parque Alexandrina e outro no Conjunto Habitacional João Domingos Netto. 

Flagrante em três bairros

A abordagem ocorreu no João Domingos, no momento em que o acusado saía da casa de um dos auxiliares, um rapaz de 27 anos. O investigado estava dentro do carro e, logo no primeiro momento, os policiais civis encontraram uma porção de maconha escondida debaixo das pernas. 

Na sequência, a equipe entrou na residência do ajudante onde foi atendida por duas pessoas. Durante o procedimento de buscas, estiveram no quarto e, ao abrirem o guarda-roupas, encontraram uma porção maior da mesma droga e materiais usados para o fracionamento do entorpecente. 

O flagrante seguiu para a casa do investigado, na Vila Angélica, onde a esposa, 60 anos, entregou mais porções de droga que pertenciam ao marido. Já no imóvel do outro ajudante, 26 anos, que fica no Alexandrina, policiais civis apreenderam uma porção maior de maconha que estava dentro da geladeira. 

Os envolvidos foram conduzidos à sede da 2ª Dise onde foi exarada voz de prisão aos quatro detidos pelo crime de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. 

Veja também