3 táxis adaptados para cadeirantes atuarão em PP

Novo documento referente à prestação de serviço será divulgado hoje

PRUDENTE - Bruno Saia

Data 19/11/2016
Horário 09:16
 

Três taxis adaptados para o transporte de cadeirantes irão atuar nas ruas de Presidente Prudente, a partir do ano que vem. Serão os primeiros veículos com estas características no município e o edital para a realização do serviço foi publicado hoje, em atos oficiais, pela Prefeitura. Outro edital sobre o mesmo serviço, que havia sido publicado essa semana, foi suspenso. "Fomos fazer uma conferência e verificamos que estava faltando o número de vagas disponíveis, que é uma informação fundamental no processo", explica Ayrton Carlos Dias, assessor da Semav (Secretaria Municipal de Assuntos Viários e Cooperação em Segurança Pública).

Jornal O Imparcial Atuando em outras cidades, veículos adaptados facilitam transporte

"Também fizemos algumas outras alterações mínimas e a definição pelas três vagas foi baseada na população de Prudente e está de acordo com a legislação", comenta Ayrton. Segundo ele, após o encerramento da licitação e abertura das propostas, no dia 26 de dezembro, às 9h30, uma lei será elaborada para regulamentar o serviço. "A intenção é que eles atuem nos pontos que mais precisam deste serviço, como em hospitais ou postos de saúde, mas o principal acesso será pelo telefone", ressalta o assessor.

Ainda segundo o representante da Semav, essa regulamentação irá determinar o valor das viagens, mas ele deve ser o mesmo cobrado por outros taxistas. "É importante garantir as condições para que eles possam trabalhar e atender também o restante da população", completa Ayrton.

Jorge Morishita, que é proprietário da Táxi Acessível, atua em São Paulo desde 2009 com o serviço de táxi adaptado para cadeirantes. "Antigamente dava muito trabalho para colocar a pessoa no banco do carro, mas agora é possível colocar a cadeira de rodas inteira, o que facilita muito", relata.

 

Contrato de 20 anos

De acordo com o edital publicado anteriormente, o contrato terá vigência por 20 anos e esse é um dos critérios que deve ser mantido na nova licitação, publicada hoje. O tempo de habilitação, as características dos veículos, o tempo de exercício da atividade de motorista de transporte de passageiros e até mesmo cursos de relações humanas, direção defensiva, primeiros socorros e mecânica e elétrica básica de veículos são critérios que serão levados em conta na escolha do vencedor da licitação.

O encerramento e abertura das propostas serão na sala de licitações localizada no Departamento de Compras e Licitações (1º andar do Paço Municipal Florivaldo Leal, na Avenida Coronel José Soares Marcondes, 1.200).

 

Veja também