Ademir Fesan: Cada um honrou da melhor forma essa camisa

#UmTimeParaChamarDeNosso: Esse continua sendo o lema do Grêmio Prudente que, por bem pouco, não conseguiu o acesso para a Série A3, mas provou que o trabalho foi bem feito, em um ano tão difícil em todo o mundo

Esportes - OSLAINE SILVA

Data 14/12/2020
Horário 17:37
Foto: Julhia Marqueti / AI Grêmio Prudente
Foto pode parecer contraditória, mas não se observada no contexto geral que é a união da equipe
Foto pode parecer contraditória, mas não se observada no contexto geral que é a união da equipe

#UmTimeParaChamarDeNosso! Seria hipocrisia dizer que qualquer derrota é fácil de engolir. No momento, são difíceis palavras que definam a tristeza de todo o Grêmio Prudente. De cada peça que, juntas, formam uma equipe unida, da presidência à cozinheira que preparava com tanto amor a refeição de cada atleta que esteve em campo ou na reserva do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, a tradicional Segundona. Infelizmente, o sonho de subir para a Série A3 acabou ontem, com a derrota por 2 a 0, para o Bandeirante de Birigui, no jogo de volta da semifinal.
É como diz orgulhoso o técnico Ademir Fesan sobre o empenho que todos tiveram jogo a jogo. “Sem dúvida ficamos tristes por não temos conseguido o acesso. Mas, com a certeza de que cada um honrou da melhor forma possível esta camisa. Agora é hora do descanso, momento familiar! Cabe ao clube definir o futuro. Quanto ao meu futuro, irei refletir da melhor forma”, pontua o professor.
Uma coisa que sempre chamou a atenção cada vez que o treinador falava ao público, era o respeito ao adversário. Assim como foi neste último jogo. Ele poderia ter dito: “Poderíamos ter feito mais”. Ao invés disso, preferiu: “O Bandeirante foi melhor”.
“Futebol é isto! Tem pessoas e trabalho do outro lado e o respeito faz parte de valores humanos e é o mínimo que temos que ter pelo próximo”, simplifica o comandante do Grêmio Prudente.

"Construímos um ambiente familiar"

O ano foi difícil. E assim como um show sem plateia é desanimado, todo mundo sabe que o que dá mais ânimo aos atletas é sentir o calor da torcida, por menor que ela seja. Principalmente no futebol. Por isso, Fesan e toda a sua equipe se sentem orgulhosos pelos desafios superados nesse campeonato. 
“Foi fantástico! Todos trabalhando e honrando da melhor forma possível. Irei levar pra sempre no meu coração esta equipe. E só temos que agradecer pelo ano tão difícil, e o fato de termos saúde. Uma eliminação dói, mas não é nada comparado a tantos problemas sociais. Aproveito para agradecer a todos de O Imparcial pela parceria ao longo deste processo. Ótimo 2021 pra todos. Também agradeço ao torcedor que esteve ao nosso lado mesmo após a eliminação!”, agradece o técnico, que abraçou esse retorno do time, até então, inativo. 

GRÊMIO PRUDENTE 2020
Técnico: Ademir Fesan
Coordenador técnico: Marcelo Guimarães
Supervisor: Henrique Keiti
Preparador físico: Felipe Carlos
Auxiliar técnico: Luis Henrique Dalben
Preparador de goleiros: Michel Fuhr
Auxiliar do preparador de goleiros: Juan Carrion
Médico: Breno Casari
Fisioterapeutas: Gustavo Yuki, Bruno Mendes e Henrique Ungri
Psicólogo: Dimitri Cunha
Analista de desempenho: Felipe Muller
Roupeiro: Lúcio Maciel
Cozinheira: Noemia
Motorista: Edson
Presidente: André Luis Garcia
Departamento Jurídico: Ayrton Zanata
Departamento de Futebol: João Paulo Tardim e Paulo Tomasete
Assessora de Imprensa: Julhia Marqueti

JOGADORES GRÊMIO PRUDENTE 2020
Atacantes: Madalena, Luan, Anderson Ferreira, Gabriel Pajé, Luquinha e Camacho.
Zagueiros: Kadu, Matheus Felipe, Rian e Jacone.
Meio-campistas: Gabriel, Wallace, Willian, Romarinho, Jean, MG e Miguel Neto.
Volantes: Léo e Bruno Belloli
Laterais: Garagau, Maninho e Glécio
Goleiros: Matheus Jesus, Lucas e Rafael Puridade
Ala/extremo: Affonso


 

Veja também